Anúncios

Fortes áreas de instabilidade formadas pelo calor e a umidade, e ainda pela aproximação de ar mais frio e seco pelo Oeste, trouxeram temporais ontem do Centro para o Nordeste do território gaúcho. No final da madrugada da sexta-feira, temporal com chuva intensa, raios e rajadas de vento atingiu Santa Maria. A cidade do Centro do Estado anotou 50 mm em apenas duas horas. No Centro-Serra, granizo danificou lavouras na zona rural do município de Agudo.

Maricile Karlinski

O episódio mais grave se deu na pequena cidade de Vanini, no Norte do Estado, entre a Serra e o Planalto Médio. Chuva muito intensa durante a parte da manhã provocou inundação relâmpago. As ruas viraram rios e muito rapidamente as águas invadiram casas e estabelecimentos comerciais, trazendo prejuízo (foto). Devido à inundação, a Prefeitura anunciou que decretará situação de emergência no município.


Jussara de Freitas

À tarde, o calor estimulou a formação de novas áreas de instabilidade. Chuva forte atingiu cidades como Porto Alegre e Cachoeira do Sul. Na Capital (foto), a chuva foi mais intensa na área central. No Centro, a precipitação somou 26 mm ou um quarto da média histórica de chuva de novembro inteiro em apenas meia hora, o que trouxe alagamentos.


O risco de chuva localmente forte segue hoje na Metade Leste, mas na próxima semana o tempo seco predominará no Estado com noites muito frias para o mês de dezembro e chance até de geada em locais de maior altitude.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

Anúncios