Anúncios

Chuva e temporais devem vir acompanhados de raios em diferentes regiões na sexta-feira e nas primeiras horas do sábado no Sul do Brasil | Carlos Kist/Arquivo

Chuva e temporais isolados são um risco nesta sexta-feira e nas primeiras horas do sábado na região Sul do Brasil, particularmente no Rio Grande do Sul, alerta a MetSul Meteorologia. Volumes muito altos de chuva são esperados em algumas regiões devido ao quadro de acentuada instabilidade atmosférica.


Forte áreas de instabilidade começam a ingressar ainda na madrugada desta sexta-feira pelo Oeste e o Noroeste do Rio Grande do Sul com chuva, raios e risco de temporais em pontos localizados. No decorrer do dia, a instabilidade avança para as demais áreas do Estado, inclusive as que devem ter sol ainda na manhã da sexta-feira como cidades mais ao Leste do território gaúcho.

Até o final da sexta, o tempo estará instável e com chuva em quase todo o Rio Grande do Sul com precipitações localmente moderadas a fortes. No decorrer da sexta, com o avanço da instabilidade, não podem ser descartadas tempestades localizadas de granizo ou vento forte acompanhadas de raios.

Chuva de um mês em um dia

Os volumes de chuva podem ser muito altos em pontos da Metade Norte do Rio Grande do Sul. Os acumulados em diversos municípios entre esta sexta e o começo do sábado podem ficar perto de 100 mm com marcas até de 100 mm a 150 mm, isoladamente superiores. Isso equivale a chuva de maio inteiro e até mais em apenas um dia, o que fará com que parte do território gaúcho termine este mês com precipitações muito acima da média histórica.

Entre as regiões que podem ter volumes muito altos de chuva nesta sexta-feira estão as Missões, o Noroeste, o Alto Jacuí, o Planalto Médio, parte da Serra dos Aparados e ainda o Centro-Oeste do Estado. Nestas áreas os acumulados de precipitação será bastante elevados com chuva por vezes forte a mesmo torrencial com possibilidade de registro de alagamentos e rápida elevação de arroios e córregos. No Sul gaúcho, ao contrário, deve chover pouco.

O mapa acima mostra a projeção de chuva do modelo WRF, disponível ao assinante na seção de mapas, em que se observa a tendência de chuva bastante volumosa do Rio Grande do Sul com perspectiva de acumulados próximos ou superiores a 100 mm numa extensão área do território gaúcho.


Porto Alegre e região

A sexta-feira começa ainda com tempo firme e frio em Porto Alegre e região metropolitana. O sol, inclusive, pode aparecer com nuvens na parte da manhã. A cobertura de nuvens, entretanto, aumenta rapidamente a partir do avanço de áreas de instabilidade vindas do Oeste e o tempo se instabiliza com chuva. A instabilidade maior é prevista para a tarde e noite e não se afasta chuva por vezes moderada a forte com raios e trovoadas. Os volumes podem ser altos para poucas horas na Grande Porto Alegre.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

Chuva e temporais em Catarina e Paraná

A instabilidade associada ao avanço da frente fria vai alcançar Santa Catarina e o Paraná. A chuva deve ocorrer principalmente no sábado à medida que a instabilidade se desloca pelo Sul do Brasil. Há risco de temporais isolados, mas o potencial de tempo severo é menor que no último fim de semana, quando tempestades trouxeram danos em diversos municípios dos dois estados. Os maiores volumes de chuva devem ocorrer em parte do estado catarinense ao passo que no Paraná serão bem menores que os previstos, por exemplo, para o Rio Grande do Sul.

Anúncios