Anúncios

Chuva caía na Grande Porto Alegre no final de manhã desta quarta-feira | Nilson Wolff

Uma área de baixa pressão em níveis baixos e médios da atmosfera traz uma quarta-feira com instabilidade no Rio Grande do Sul e chuva na maioria das regiões gaúchas após um feriadão em que o sol predominou com calor e teve pancadas isoladas na Metade Norte. Os volumes de precipitação hoje são muito irregulares no deslocamento da instabilidade com marcas altas em alguns municípios e pouca chuva em outros.

De acordo com dados do Instituto Nacional de Meteorologia, os volumes de chuva no estado gaúcho até o final da manhã desta quarta-feira somavam 63 mm em Dom Pedrito, 29 mm em Quaraí, 26 mm em Santa Maria, 25 mm em Rio Pardo, 19 mm em São Vicente do Sul e Canguçu, 17 mm em Encruzilhada do Sul, 16 mm em São Gabriel e 15 mm em Alegrete. Todas as demais estações do órgão no Rio Grande do Sul apontavam menos de 15 mm.


Já a rede do Centro Nacional de Previsão de Desastres indicava acumulados de 45 mm em Água Santa, 31 mm em Quaraí, 29 mm em Alegrete e Santa Maria, 26 mm em Faxinal do Soturno e São Borja, 23 mm em Caçapava do Sul, 20 mm em Rosário do Sul, e 18 mm em Nova Palma, Cachoeira do Sul e Ivorá.

Os volumes de chuva são diferentes entre as duas redes de estações para uma mesma cidade porque os pontos de medição estão instalados em locais diferentes. Como se sabe, a chuva em qualquer época do ano é dificilmente homogênea dentro de um município com variação de volumes que se acentuam ainda mais quando a instabilidade é convectiva, como no caso do período quente do ano.

A tendência da tarde para a noite desta quarta-feira é de a chuva se concentrar no Leste e na Metade Norte do Rio Grande do Sul, alcançando diversas regiões de Santa Catarina, com aberturas de sol, elevação da temperatura e sensação de forte abafamento em vários pontos do estado gaúcho a partir do Oeste. Novas áreas de instabilidade que se formam sobre o Uruguai devem se deslocar para o Sul gaúcho e podem se propagar pelo Leste gaúcho mais tarde no dia.


A chuva na tarde e noite de hoje pode ser isoladamente forte e com trovoadas devido ao ar quente e úmido, não se descartando a ocorrência de temporais isolados com queda de granizo por conta das altas taxas de instabilidade atmosférica.

Este não será o último episódio de chuva da semana. Amanhã, pancadas atingem o Noroeste e o Norte gaúcho assim como pontos isolados do Leste do Estado. Entre sexta e sábado, áreas de instabilidade que avançarão do Nordeste da Argentina devem trazer chuva para a maioria das regiões gaúchas. Os volumes deste evento de chuva do final da semana, assim como caso de hoje, devem ser muito irregulares com grande variabilidade de volumes.

Anúncios