Anúncios

A MetSul Meteorologia antecipa chuva em grande parte do Rio Grande do Sul entre hoje e amanhã, entretanto sem volumes suficientemente altos que aliviem o déficit hídrico em muitas áreas.

A nebulosidade já aumentou significativamente no Estado na madrugada desta sexta (23) e chove desde o começo do dia em pontos do Oeste e do Sul gaúcho. Até o final da madrugada, a precipitação já somava 20 mm em Canguçu e até 30 mm. Em paralelo, o vento úmido que sopra do mar ao encontrar a Serra está trazendo chuva orográfica (induzida pelo relevo) no Litoral Norte com 40 mm nas primeiras horas do dia em Morrinhos do Sul. 


No decorrer desta sexta espera-se que a instabilidade atinja pontos do Oeste, do Centro, Sul  e do Leste do Estado. Pode até chover forte localmente forte com trovoadas e algum risco de temporal isolado de granizo. No Noroeste e no Norte do Estado, o tempo seco predomina na maioria das cidades com abafamento, mas não se afasta chuva isolada. 

Os mapas abaixo, disponíveis ao assinante com múltiplas atualizações diárias na seção de mapas do site, trazem as projeções de chuva acumulada atualizadas na madrugada de hoje dos modelos WRF e alemão icon para a soma de hoje a domingo. 

Enfatizamos que modelo é ferramenta de prognóstico e não produto final de previsão do tempo, e que acreditamos que possa chover mais do que o indicado nos modelos em algumas áreas como, por exemplo, o Sul gaúcho e o Litoral Norte. Modelos têm dificuldades em projetar chuva de natureza orográfica. 


A MetSul projeta uma frente fria avançando pelo Rio Grande do Sul na segunda-feira, o que deve trazer chuva para cidades em que a chuva falhar ou for muito pouca nesta sexta e no fim de semana, casos principalmente do Norte e do Noroeste do Estado. 

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

A segunda-feira, aliás, é o dia com maior probabilidade de chuva no Noroeste e no Norte do Estado, tão carentes de uma precipitação mais expressiva. Alguns modelos chegam a projetar 30 mm a 50 mm em pontos do Noroeste gaúcho na segunda-feira, o que seria um alívio e já poderia garantir o plantio onde não começou e minorar as perdas no milho e no trigo.

Anúncios