Anúncios

Modelo GFS dos Estados Unidos (mapas) indica a possibilidade de neve na madrugada e manhã da sexta. A região estará sob efeito da circulação de umidade de um ciclone extratropical no Atlântico com ar gelado em altitude. A maioria dos eventos de neve no Sul do Brasil ocorre sob circulação ciclônica pela instabilidade maior da atmosfera com nuvens mais desenvolvidas e o perfil mais frio da atmosfera a partir de  ar gelado que ingressa pelo Oeste. O modelo europeu projeta o máximo de frio em altitude com -2°C em 850 hPa (1500 metros de altitude) também no começo da sexta-feira nas áreas mais altas do Sul do Brasil.



A possibilidade de neve não é desprezível. Chance, na análise da MetSul, é pequena a média. O cenário seria favorável ao fenômeno em áreas acima de 1000 metros de altitude nos Campos de Cima da Serra do Rio Grande do Sul e no Planalto Sul Catarinense entre a madrugada e a manhã da sexta. Apesar de não descartável, a chance de neve em cotas abaixo de 1000 metros é menor e se ocorrer será mais no Rio Grande do Sul pela maior proximidade do centro da massa de ar frio.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios