Anúncios

Vento forte do começo da manhã derrubou enorme árvore em Porto Alegre | Alina Souza/Correio do Povo

O tempo mudou, como previsto, em grande parte do Rio Grande do Sul nesta sexta-feira com o avanço de uma frente fria pelo Estado. Assim como era esperado, o sistema ao se deslocar pelo território gaúcho perderia força e a chuva se concentraria mais no Oeste e no Sul enquanto na Metade Norte a mudança do tempo se daria essencialmente com mais nuvens, mudança da direção do vento com rajadas e queda de temperatura.

Foi o que ocorreu, por exemplo, em Porto Alegre e região metropolitana. Depois de uma quinta-feira de calorão e com marcas históricas, muitas nuvens baixas ingressaram no fim da madrugada e no começo da manhã com fortes rajadas de vento que ficaram entre 60 km/h e 70 km/h em alguns pontos. Com isso, a temperatura teve forte declínio.


A ventania do começo da manhã causou alguns transtornos em Porto Alegre. Houve queda de árvores, semáforos desligados ou com falhas, e o rompimento de fios energizados, dentre outros problemas pontuais relatados por toda a cidade. Uma árvore de grande porte tombou na Rua Saldanha Marinho, no bairro Menino Deus. Outra árvore despencou sobre a calçada na Avenida Protásio Alves, no bairro Petrópolis. Na Farrapos, no bairro São Geraldo, houve a queda de alvenaria externa de um prédio, sem deixar feridos.

A mudança de temperatura foi radical. Campo Bom, que na tarde da quinta teve a sua maior máxima em agosto desde o começo das medições com 36,1ºC, no meio da tarde desta sexta registrava 21ºC, cerca de 15ºC a menos do que na véspera no mesmo horário. A diferença de temperatura entre o Sul gaúcho, sob influência de ar frio, e o Norte do Estado, ainda sob ar quente, foi enorme. Às 15h, fazia 15,1ºC no Chuí e 28,1ºC na cidade de Erechim.

Sábado ameno no Sul e de calor no Norte

As condições do tempo variam muito de uma região para a outra no Rio Grande do Sul neste sábado. A frente fria não consegue avançar e segue no Oeste, no Centro e no Sul gaúcho com muitas nuvens e chuva em diferentes pontos. Com isso, a temperatura não se eleva muito nestas regiões e o dia será agradável com marcas amenas no Sul.

Anomalia de temperatura prevista pelo modelo canadense para a tarde do sábado | MetSul

Por sua vez, o Norte gaúcho segue sob influência de ar quente. Noroeste, Médio e Alto Uruguai, Planalto, e parte da Serra e Aparados terão um sábado de sol e nuvens com calor à tarde e fumaça de queimadas trazidas por correntes de vento de Norte. As máximas no Noroeste e no Norte devem ficar ao redor de 30ºC enquanto em muitas cidades do Sul não passam de 20ºC. Porto Alegre deve ter entre 15ºC e 22ºC.

Domingo de calor em várias regiões

A frente semi-estacionária recua e a massa de ar quente volta a avançar sobre o Rio Grande do Sul. Com isso, cidades que tiveram um sábado de temperatura amena e agradável vão experimentar um acentuado aquecimento. Será o caso de Porto Alegre, por exemplo. No Sul, as marcas seguem agradáveis.


Anomalia de temperatura prevista pelo modelo canadense para a tarde do domingo | MetSul

A Fronteira Oeste, o Centro gaúcho, o Noroeste, o Alto e Médio Uruguai, o Planalto, a Grande Porto Alegre, os vales, a Serra e os Aparados terão uma tarde quente e com fumaça. Pode fazer até 34ºC ou 35ºC no Noroeste e entre 31ºC e 33ºC na Grande Porto Alegre.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

O sol aparece com nuvens no domingo no Rio Grande do Sul, mas ocorrem períodos de maior nebulosidade em diferentes regiões, especialmente no Sul e no Leste do Estado no começo do dia. No Oeste e no Sul não se afasta chuva isolada, sobretudo da tarde para a noite.

Anúncios