Anúncios

Comunicado do Serviço Meteorológico Nacional da Argentina de ontem noticiou que o país vizinho teve o abril mais quente desde 1961, ano que passou a se considerar uma média nacional de temperatura. A estimativa do SMN é que a temperatura na Argentina em abril tenha ficado 2,6°C acima do normal em nível nacional. Esses são os meses de abril mais quentes na Argentina desde 1961, segundo o órgão: 2018 (+2,6°C), 1970 (+2,0°C), 2009 (+1,8°C), 2015 (+1,7°C) e 2013 (+1,2°C). Atente que dos cinco meses de abril mais quentes desde 1961 quatro ocorreram neste século e três nesta década.


Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas


Na cidade de Buenos Aires foi o abril mais quente desde o início dos registros locais em 1906. O mês terminou com temperatura média de 21,5ºC no observatório central da capital argentina, superando o recorde anterior de 20,4°C de 1970. Segundo o boletim do Serviço Meteorológico Nacional, a causa de anomalias tão positivas de temperatura, 3ºC a 5ºC acima da média histórica em várias cidades, foi o bloqueio atmosférico muito persistente associado à pressão atmosférica atipicamente elevada no Atlântico Sul, o que favoreceu o contínuo ingresso de ar quente de Norte e o não avanço de massas de ar frio típicas já nesta época do ano.

Anúncios