Anúncios

Climate Reanalyzer

Um bloqueio atmosférico mexe com o tempo em grande parte do Brasil. Afeta o Sul, o Centro-Oeste e o Sudeste do Brasil. 

Com efeito, o bloqueio tem feito com que a chuva se concentre no Sul ao passo que que parte do Sudeste e do Centro-Oeste se mantém com tempo seco e calor. 


A tendência indica que nos próximos dias a configuração permaneça semelhante. É o que avalia a MetSul Meteorologia.

Como o bloqueio impacta o Sul, Sudeste e Centro-Oeste?

O início do outono se dá com mais chuva no Sul e seco em parte do Sudeste e do Centro-Oeste, além do forte calor.

Isso em consequência de um bloqueio. As frentes frias não conseguem ultrapassar a barreira invisível que há entre o Norte do Paraná e o Sul de São Paulo. 

Então, o Sul tem dias com nebulosidade, chuva e temporais. Nesse meio tempo, a área abrangida por São Paulo, Mato Grosso do Sul, Sul do Mato Grosso, Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo e Bahia sofre com dias secos e quentes.

A previsão elaborada pela MetSul indica que a tendência para os próximos dias é semelhante ao quadro atua. A tendência é de temperaturas máximas acima de 35ºC em grande parte do Sudeste e do Centro-Oeste.

Contudo, nota-se leve deslocamento do sistema de bloqueio para Norte, o que possibilitará que a chuva alcance o Sul e Leste paulista, além do Sul mineiro nos próximos dias. Ainda assim, a instabilidade aparecerá de modo isolado.

Até quando?

O fim de março e início de abril serão marcados pela quebra deste evento. Deste modo, está prevista uma virada do tempo. Consequência do avanço de uma intensa frente fria associada a um ciclone em superfície.

Desta vez, no início de abril o Sul terá dias secos enquanto que o Sudeste e Centro-Oeste enfrentarão chuva, temporais e por fim, queda nas temperaturas.

Bloqueio atmosférico, o que é?

Para entender o que é um bloqueio atmosférico e como ele afeta o tempo, primeiramente é bom compreender o comportamento padrão da atmosfera.

Normalmente, a circulação atmosférica de latitudes médias nos níveis médios e altos é caracterizada por um escoamento no sentido de Oeste para Leste.

Entretanto, esse padrão muitas vezes se interrompe pela formação de uma ampla área com circulação anticiclônica de alta pressão. 

A circulação persiste por vários dias e desvia os sistemas meteorológicos que nascem em um lugar e se deslocam para outro, como, por exemplo, as frentes frias.


É o bloqueio atmosférico. 

Como resultado, há impactos na precipitação e temperatura, como falta de chuva na região bloqueada e chuvas em excesso nas áreas ao entorno.

Anúncios