Anúncios

A MetSul antecipa mais um episódio de chuva no Rio Grande do Sul nesta sexta-feira. Existe a expectativa de chuva na maioria das regiões gaúchas, embora não em todo o estado. A chuva neste momento é muito bem-vinda porque se soma ao evento de precipitação do começo desta semana.

Esta é a época de maior demanda hídrica da soja, a principal cultura de verão no Rio Grande do Sul. A chuva do começo desta semana estancou perdas de produtividade no campo após duas a três semanas de precipitações escassas. Este novo episódio trará umidade adicional e deverá beneficiar muitas áreas que não tiveram volumes altos no início da semana.

A chuva desta sexta-feira se insere também como uma ótima notícia porque não era indicada pelos modelos numéricos até a terça-feira. Recém ontem os modelos computadorizados passaram a indicar um episódio de chuva com maior abrangência e volume, o que foi corroborado pelos dados de hoje.

A nebulosidade já aumentou nesta quinta-feira em parte do território gaúcho com períodos de nublado a encoberto e chegou a chover em pontos da Metade Norte, mas a instabilidade tende a ser mais ampla nesta sexta-feira no estado.


Uma área de baixa pressão em níveis médios e altos da atmosfera, o que se denomina em Meteorologia de “baixa fria”, atua no Rio Grande do Sul nesta sexta. Traz um dia com muitas nuvens em que a maior parte do estado estará com céu nublado a encoberto.

Vão ocorrer aberturas de sol, especialmente no Oeste que terá o predomínio do tempo firme. A chuva se concentra mais no Centro, na Metade Norte e no Leste gaúcho. Alerta-se que a chuva em alguns momentos pode ser localmente forte a intensa.

A sequência de mapas abaixo mostra a projeção de chuva a cada seis horas para esta sexta-feira nos turnos da madrugada, manhã, tarde e noite no Sul do Brasil, de acordo com dados do modelo de previsão do tempo do Centro Meteorológico Europeu.

METSUL

Em Porto Alegre e região metropolitana, a sexta-feira será de muitas nuvens com o predomínio do céu nublado a encoberto. Há chance de chuva a qualquer hora do dia. Não se pode afastar o risco de chover moderado a forte em alguns momentos.

A instabilidade desta sexta-feira vai estar associada a uma área de baixa pressão em níveis médios e altos da atmosfera (baixa fria em altura) que avança da Argentina e do Uruguai e vai estar sobre o território gaúcho nesta sexta.

Esse tipo de sistema é mais comum de se observar nos meses de outono, quando sistemas segregados de baixa (cut-off low) avançam de Oeste para Leste na América do Sul, causando chuva no deserto do Atacama e depois tempestades com formações de ciclones no Centro do continente.

Considerando a baixa fria sobre o estado, com instabilidade, maior umidade e gradiente de temperatura entre a atmosfera e as águas, a MetSul não descarta a possibilidade de ocorrências de trombas d´água (tornados sobre água) nas lagoas e na costa, fenômeno que costuma ocorrer neste tipo de situação meteorológica. Em terra firme, podem se formar nuvens do tipo funil.

A MetSul Meteorologia está nos canais do WhatsApp. Inscreva-se aqui para ter acesso ao canal no aplicativo de mensagens e receber as previsões, alertas e informações sobre o que de mais importante ocorre no tempo e clima do Brasil e no mundo, com dados e informações exclusivos do nosso time de meteorologistas.

Anúncios