Anúncios

O janeiro terminado ontem foi o mês mais quente da história da Austrália com a temperatura média nacional excedendo 30°C pela primeira vez desde que os registros se iniciaram em 1910.

O Bureau de Meteorologia divulgou seu sumário climático mensal nesta sexta e destacou que as condições generalizadas de ondas de calor e extremos de temperatura alta “não têm precedentes”.


“Houve tantos recordes que é difícil contar”, afirmou o meteorologista Andrew Watkins do BoM. 


Janeiro foi o mês mais quente até hoje da Austrália nas mínimas, máximas e temperatura média diária. Extensas áreas do país tiveram apenas 20% da precipitação normal. Port Augusta anotou a máxima nacional em janeiro com 49,5°C. Algumas áreas de New South Wales e Queensland enfrentam mais de 40 dias seguidos de temperatura acima de 40°C. 

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios