Anúncios

Uma massa de ar frio de forte intensidade para o mês de outubro trouxe frio bastante intenso para esta época do ano hoje na região da Patagônia, na Argentina, um dia após ter causado neve na região. De acordo com dados do Serviço Meteorológico Nacional argentino, as mínimas hoje foram de -8,0ºC em Esquel (1ºC abaixo do recorde de mínima de outubro registrado em 1969), -4,5ºC em El Bolsón (0,8ºC abaixo do recorde de mínima do mês), -7,5ºC em Bariloche (1,5ºC abaixo da menor marca histórica mensal), -8,0ºC em Maquinchao, e -2,3ºC em Trelew.

A massa de ar frio na tarde desta quarta-feira já alcançava o Centro da Argentina e o Uruguai com vento e baixa sensação térmica. A temperatura no final da tarde em Mar del Plata era de 11ºC com muito vento. Montevidéu, no Uruguai, estava com 13ºC e tempo ventoso pela chegada do ar frio. A temperatura declina acentuadamente no Centro da Argentina e no Uruguai na noite de hoje e durante a madrugada da quinta com perspectiva de geada em muitos pontos.

No Rio Grande do Sul, a incursão de ar frio começa a ingressar pelo Oeste e o Sul gaúcho e alcança todo o estado gaúcho ao longo da quinta-feira. A queda da temperatura será mais sentida no Sul e no Leste do Estado à medida que o bolsão de ar frio deve começar a apresentar uma trajetória oceânica.

O dia começa muito frio para outubro na fronteira com o Uruguai, na Campanha e no Sul com chance de geada fraca e isolada em alguns pontos. As mínimas em pontos destas regiões devem ficar entre 3ºC e 5ºC.

O ar frio traz um dia ameno nesta quinta com máximas cerca de 5ºC abaixo do normal para outubro à tarde e que vão ficar na maioria das cidades gaúchas entre 17ºC e 20ºC. O vento sopra por vezes moderado com ocasionais rajadas pelo ingresso do ar mais frio.


O amanhecer mais frio, entretanto, deve ser o da sexta-feira em muitas cidades. Porto Alegre, por exemplo, deve ter mínima de 13ºC no começo e no final do dia nesta quinta, mas pode amanhecer com 11ºC na sexta.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas


A presença de nebulosidade deve impedir resfriamento maior na maioria das cidades de maior altitude da Metade Norte gaúcha, mas mesmo assim devem ser esperadas mínimas de um digito tanto nesta quinta como na sexta na Serra e nos Aparados.

Anúncios