Anúncios

Foram muitos os pontos de alagamentos e alguns de inundação em Santana do Livramento após chuva superior a 100 mm nesta quarta-feira (fotos de Fabian Ribeiro). Alguns moradores relatam até 200 mm em medições com pluviômetros domésticos. No final do dia voltou a chover forte com temporais isolados de granizo na região. Rivera, no lado uruguaio, também sofreu com alagamentos e inundações.


A MetSul antecipa novas ocorrências de chuva excessiva na fronteira com o Uruguai nesta quinta e nos próximos dias com perspectiva de piora da situação. Essa instabilidade mais intensa não avança pelo Rio Grande do Sul e o Sul do Brasil devido ao bloqueio atmosférico que faz com que a chuva fique concentrada no Centro da Argentina, Uruguai, Oeste e Sul do Rio Grande do Sul por muitos dias seguidos, gerando altíssimos volumes nestas áreas, além de temporais com granizo. Como a massa de ar quente vai voltar a se reforçar a partir de hoje no Sul do Brasil, haverá uma intensificação da instabilidade no Centro da Argentina, Uruguai, Oeste e Sul do Rio Grande do Sul.


Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

O mapa acima mostra a projeção de chuva para os próximos dias e observa-se a tendência de altíssimos volumes de chuva nas regiões citadas. Por isso, a nossa crença que até o dia 10 essas áreas possam ter localmente 200 mm a 400 mm com novas e graves inundações, além de enchentes por subida de rios e córregos.

Anúncios