Massa de ar quente ganhou força nas primeiras horas do outono no Sul do país. Seja como for outono de 2024 começou nesta quarta as 00h06 desta quarta, mas na prática ainda predominou o calor forte de verão. No turno da manhã a temperatura já tinha passado de 30°C em diversos municípios do Sul do país.

Segundo a rede de estações automáticas do Instituto Nacional de Meteorologia, INMET, às 10h00 a temperatura era de 31,3°C em Teutônia, 30,9°C em Campo Bom, 30,4°C em Santa Maria, 30°C em Porto Alegre. Em Santa Catarina fazia 29,8°C em Urussanga. No Paraná a temperatura era de 31,1°C em Diamante do Norte e 30,1°C em Morretes.

Em outras palavras o forte aquecimento foi gerado por uma intensa corrente de vento amazônico de norte/noroeste nos baixos níveis da atmosfera que reforçou o ar quente combinado ao predomínio de tempo mais seco e ensolarado em grande parte da região.

A primeira vista a maior máxima do Sul do país foi registrada no Vale do Sinos, em Campo Bom com 38,5°C às 15 e 16h segundo estação do INMET. Essa é a maior temperatura registrada na cidade desde o dia 12 de fevereiro de 2024 quando fez 39,8°C. Portanto, a segunda maior máxima do ano até agora. Essa é a sétima maior marca em um mês de março desde o início das medições em 1987. O recorde absoluto de calor da cidade no mês de março foi registrado em 08/03/2005 quando fez 41,3°C (ano de El Niño).

Ao mesmo tempo o INMET anotou 38,2°C em Teutônia no município de 36,8°C em Rio Pardo, 36,5°C em Porto Alegre, 36°C em São Borja e 35,8°C em Santa Maria que devido a umidade mais alta ao redor de 50% teve sensação térmica de 43°C.

De acordo com o registro do INMET as máximas ficaram muito acima da média histórica de março em diversos municípios. Em Porto Alegre a máxima foi de 36,5°C enquanto o normal para março é 29,2°C, ou seja, mais de 7°C acima do normal. A máxima de hoje é a segunda maior do ano se igualando ao dia 14 de janeiro. A maior marca de 2024 até agora foi anotada no dia 10 de fevereiro quando o INMET registrou 36,7°C.

Nas estações meteorológicas particulares foi registrado 39,3°C em Porto  Vera Cruz,  38,9°C em Taquara, 38,7°C em Rio Pardo e Colinas, 38,5°C em Portão e Venâncio Aires, 38,1°C em Três Coroas e 38°C em São Leopoldo, 37,9°C em Rolante e Triunfo.

Simultaneamente o Paraná, pela rede do INMET, as maiores marcas de temperatura foram 37,5°C em Paranapoema, com 36,5°C em Diamante do Norte e 35,8°C em Marechal Candido Rondon. Na capital a máxima foi de 29,9°C. Em Santa Catarina a rede do INMET anotou 35,5°C em Urussanga, 33,5°C em Indaial, 32,6°C em Araranguá, 32,4°C em Chapecó.

Em contrapartida, no extremo sul do estado gaúcho, como era de esperar a instabilidade pré-frontal avançou com pancadas de chuva e rajadas de vento forte. Em Santa Vitoria do Palmar as rajadas alcançaram 78 km/h com 41 mm de chuva. Em Jaguarão o acumulado de precipitação foi de 47 mm, com 28 mm em Arroio Grande, 19 mm em Herval. Em Bagé os radares mostravam instabilidade avançando para a região na tarde de hoje.

Nas próximas horas, período que irá anteceder a chegada da frente fria a expectativa é de uma noite muito abafada e de grande desconforto na esmagadora maioria dos municípios do Estado. A temperatura deverá baixar de 30°C perto da meia noite de hoje. O amanhecer de quinta-feira poderá ter marcas ao redor de 6h, 7h na casa de 25 a 28°C em partes do Oeste e Noroeste gaúcho, região metropolitana de Porto Alegre e nos vales.

A madrugada será de intensos temporais com risco de chuva forte e vendavais em partes do Sul, Centro e Oeste. A frente fria avançará com forte intensidade formando uma linha de instabilidade que poderá deflagar temporais com rajadas de vento forte, muitos raios e chuva forte a torrencial. Leia aviso.