Anúncios

Duas partidas da liga de futebol norte-americano (NFL) serão disputadas sob condições extremas de frio, vento e neve neste fim de semana com uma extraordinária massa de ar congelante do Ártico cobrindo os Estados Unidos | TOM SZCZERBOWSKI/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP/METSUL METEOROLOGIA

[Atualização – A governadora de Nova York, Kathy Hochul, informou que o jogo Pittsburgh Steelers-Buffalo Bills será transferido para segunda-feira devido ao frio extremo com poderosa nevasca no estado. O jogo estava originalmente agendado para este domingo].

Jogos da NFL deste fim de semana serão disputados sob condições excepcionalmente frias e perigosas pela temperatura extremamente baixa, o vento com sensação térmica extraordinariamente baixa e neve. Dois jogos, em especial, podem enfrentar condições congelantes notáveis de frio, um em Kansas City e outro em Buffalo.


A NFL está prestes a vivenciar dois dos jogos mais extremos de sua história em termos de condições meteorológicas. A projeção é de sensação térmica pelo vento perto de 35°C abaixo de zero em Kansas City no enfrentamento entre os Chiefs e os Dolphins de Miami, na noite deste sábado.

Neste domingo, em Buffalo, estado de Nova York, quase na fronteira com o Canadá, os Bills disputarão com Steelers um jogo que pode ser memorável na história da NFL sob forte neve, rajadas de vento de até 70 km/h e sensação térmica congelante ao redor de 20°C abaixo de zero. A visibilidade pode ser fortemente reduzida pelo vento associado à neve.


É o fim de semana de abertura dos playoffs, com seis jogos agendados até segunda-feira à noite. Embora três deles sejam disputados em ambientes fechados, os outros três podem ser um tormento para jogadores e torcedores devido às condições do tempo extremas.

No jogo de hoje do Miami Dolphins e do Kansas City Chiefs, a previsão da Meteorologia norte-americana não indica neve, mas a temperatura e a sensação térmica estarão muito abaixo de zero com marcas perigosamente baixas. A tendência é que seja o jogo sob frio mais intenso já enfrentado na história do Miami Dolphins.

Coincidentemente, na estatística da NFL, o jogo anterior mais frio do Miami até o momento também foi em Kansas City, em 21 de dezembro de 2008. A temperatura no início do jogo era de 12°C negativos e os Dolphins venceram por 38-31.

Torcedores enfrentam frio extremo em jogo entre o Kansas City Chiefs e o Denver Broncos no Arrowhead Stadium, em 15 de dezembro de 2019, em Kansas City, Missouri. | PETER AIKEN/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP/METSUL METEOROLOGIA

Também pode ser o jogo mais frio que o Kansas City Chiefs já disputou. Quando a equipe recebeu o rival Denver Broncos na tarde de 18 de dezembro de 1983, a máxima diurna foi de 17,2°C negativos, conforme o levantamento do Pro Football Reference.

O recorde de jogo mais frio da história da NFL, entretanto, não vai cair. Trata-se do famoso e infame “Ice Bowl”, no Lambeau Field de Green Bay, na véspera de Ano-Novo de 1967, com uma temperatura de 25°C abaixo de zero,

Mesmo assim, o jogo de Kansas City pode ser um jogo extremamente raro na história recente da NFL. De acordo com o The Sporting News, apenas seis jogos da NFL desde 1967 foram disputados com temperaturas abaixo de zero Fahrenheit (-17,7°C). O último jogo disputado com temperatura negativa em Fahrenheit (-17,7°C ou inferior) ocorrue em Minneapolis, oito anos atrás, quando o Seattle Seahawks e o Minnesota Vikings jogaram um jogo de playoff ao ar livre com uma temperatura inicial de 21,1°C negativos.

Chris Milton, do Indianapolis Colts, coberto de neve durante o segundo quarto contra o Buffalo Bills em 10 de dezembro de 2017, no New Era Field, em Orchard Park, Nova York. | BRETT CARLSEN/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP/METSUL METEOROLOGIA

Colton Schmidt, do Buffalo Bills, entra em campo antes de um jogo contra o Indianapolis Colts em 10 de dezembro de 2017 enrolado em um cobertor no New Era Field, em Orchard Park, Nova York. | BRETT CARLSEN/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP/METSUL METEOROLOGIA

Neste domingo, não fará tanto frio em Buffalo quanto em Kansas City hoje, mas os ventos fortes e persistentes tornarão as condições do tempo na partida da NFL miseráveis para o público e jogadores na cidade de Buffalo, no jogo do Buffalo Bills.

Com o Lago Erie, às margens da cidade, sem gelo e com temperatura das águas recorde para esta época do ano, é provável que haja uma forte faixa de precipitação de neve gerada pela umidade e o vapor por efeito de lago. Se a faixa estreita de neve pesada se mover sobre o Highmark Stadium em Orchard Park, as equipes poderão jogar sob neve muito intenso em parte ou durante todo o jogo. Previsões de neve por efeito do lago, porém, são extremamente difíceis.

O Serviço Meteorológico Nacional dos Estados Unidos (NWS) emitiu alerta de tempestade de inverno para a área metropolitana de Buffalo neste fim de semana até a manhã de segunda-feira. Um ciclone bomba sobre o continente na fronteira dos Estados Unidos e do Canadá traz poderosas nevascas e frio extremo neste fim de semana na região do Meio-Oeste e dos Grandes Lagos.

O escritório do NWS-Buffalo disse que “às vezes, condições de nevasca são previstas, especialmente no sábado à noite e no domingo”. De acordo com o alerta, “trafegar será muito difícil ou impossível às vezes, com neve profunda nas estradas e ruas”. Os ventos podem atingir rajadas de até 100 km/h perto da margem do lago, de acordo com o NWS-Buffalo.

A MetSul Meteorologia está nos canais do WhatsApp. Inscreva-se aqui para ter acesso ao canal no aplicativo de mensagens e receber as previsões, alertas e informações sobre o que de mais importante ocorre no tempo e clima do Brasil e no mundo, com dados e informações exclusivos do nosso time de meteorologistas.

Anúncios