O ano de 2019 termina com o Oceano Pacífico Equatorial em estado de neutralidade, ou seja, sem a presença dos fenômenos El Niño e La Niña. Nas últimas semanas, a anomalia de temperatura da superfície do mar no Oceano Pacífico Equatorial Central, a chamada região Niño 3.4, tem oscilado entre +0,4°C e +0,6°C, logo no limite da neutralidade e de El Niño. Recentemente, também aqueceu o Pacífico Equatorial Leste, a região Niño 1+2.


A despeito do aquecimento das águas superficiais, a atmosfera no Pacífico Equatorial não apresenta hoje um padrão de El Niño e sim de neutralidade. A tendência para este verão é de manutenção desta neutralidade quente. A probabilidade de manutenção da neutralidade no trimestre de janeiro a março é estimada em 69%.