Anúncios

Uma poderosa onda de frio com intensa precipitação de neve atinge a China durante esta semana. Houve rara precipitação de neve até na província de Guangdong, no Sul, enquanto cidades mais ao Norte do país sofrem com baixas temperaturas perto de níveis recordes. Nevou no topo de uma montanha de Guangzhou, onde normalmente não faz muito frio no inverno. A neve caiu ainda em Xangai e causou transtornos em Pequim. O frio piora a situação na área atingida pelo terremoto na província de Gansu, onde mais de cem pessoas morreram. Equipes de resgate trabalham sob frio de -10ºC. O frio é extremo em parte do país com mínimas históricas e recordes, como em Yunzhou que anotou -33,2°C.

Grande quantidade de neve fez a alegria dos turistas visitando a Montanha Hengshan em Hengyang, província de Hunan, no Centro da China | CAO ZHENGPING/XINHUA/AFP/METSUL METEOROLOGIA

Turistas apreciam a paisagem coberta de neve em mirante panorâmico da Montanha Hengshan em Hengyang, província de Hunan, no Centro da China | CAO ZHENGPING/XINHUA/AFP/METSUL METEOROLOGIA

Foto aérea mostra a paisagem da vila de pescadores de Liandao coberta de neve em Lianyungang, na China, em 19 de dezembro| CFOTO/NURPHOTO/AFP/METSUL METEOROLOGIA

Pessoas aproveitam a intensa queda de neve em uma rua da cidade de Nanjing, província de Jiangsu, na China, em 18 de dezembro | CFOTO/NURPHOTO/AFP/METSUL METEOROLOGIA

Histórica Grande Muralha da China em Badaling, Pequim, coberta de neve depois de forte nevasca na região da capital chinesa | LIU XIANGUO/IMAGE CHINA/AFP/METSUL METEOROLOGIA

Imagem aérea de seção coberta de neve da Grande Muralha da China em Shuiguan, ao Norte de Pequim, após uma nevasca noturna | GREG BAKER/AFP//METSUL METEOROLOGIA

Turbinas eólicas em morros cobertos de neve durante a intensa onda de frio em Zhangye, na China, em 15 de dezembro | COSTFOTO/NURPHOTO/AFP/METSUL METEOROLOGIA


Anúncios