Anúncios

Desde meados do mês de dezembro os pulsos de chuva forte tem sido frequentes no Rio Grande do Sul com um comportamento anômalo da precipitação. Quando analisamos os dados de forma quantitativa os volumes são absolutamente surpreendentes por se tratar  da estação em que a chuva é nais falhada no Estado e sempre provoca certa apreensão, sobretudo, para o setor agrícola. Analisando os dados do INMET de dezembro e janeiro

Cidade Total dezembro + janeiro (mm)
Uruguaiana 589,2
São Luiz Gonzaga 568,4
Livramento 560,8
Quaraí 550,6
Alegrete 550,8
Dom Pedrito 513,8
Bagé 482,2

Em dezembro praticamente não choveu na primeira metade do mês;Na tabela acima consta a soma da precipitação acumulada pela rede de estações do INMET (Instituto Nacional de Meteorologia) nos meses de dezembro e janeiro, sendo que:


  1. Os episódios mais significativos ocorreram na verdade somente após o dia 17/12
  2. Com base nos ítens anteriores esses acumulados ocorreram, de fato,  nos últimas 30 dias o que torna esses números ainda mais especiais
  3. Em Uruguaiana mesmo choveu quase 600 mm em 30 dias, lembrando que 1 mm corresponde a 1 litro/metro quadrado, logo, foram quase 600 litros por metro quadrado de chuva em partes do município. Estações meteorológicas particulares e do CEMANDEN registradas volumes até maiores que isso.

O excesso de chuva das últimas semanas deflagrou enchentes, transbordamento de rios importantes e alagamentos em áreas urbanas. Em muitas regiões a situação ainda está longe da normalidade. O solo segue encharcado, os rios altos e, com isso, o risco de desastre é muito maior. No centro, Oeste e Sul a vulnerabilidade foi ampliada com a sequencia de dias de chuva forte e em razão disso a taxa de precipitação não precisa ser tão alta para que ocorram novos alagamentos e situações de cheia em rios.


Diante disso, a METSUL adverte que entre hoje e amanhã com o retorno da chuva mais forte e dos temporais ao Rio Grande do Sul o risco é alto para transtornos. Além do risco devido a chuva, os vendavais, raios e o potencial de granizo podem agravar este cenário.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios