A semana que começa promete trazer chuva mais generalizada no Rio Grande do Sul, mas com grande disparidade de volumes de um ponto para outro. A instabilidade tende a se concentrar agora na primeira metade da semana com chuva mais localizada hoje e em maior número de pontos amanhã e na terça-feira. O modelo alemão Icon concentra a chuva mais volumosa no Sul e na Metade Oeste com pouca chuva no Leste e Nordeste gaúcho.


Por sua vez, o modelo de alta resolução WRF, em sua projeção de precipitação para 72 horas, de hoje até terça-feira, sinaliza uma melhor condição com chuva mais generalizada e localmente volumosa. 

 


Assim, o padrão de instabilidade que se prevê pra hoje e o começo da semana permitirá aliviar a situação da estiagem e evitar o pior em parte do território gaúcho, mas, infelizmente, não em todas as áreas ante a disparidade de volumes.

Enfatiza-se que esse quadro de instabilidade entre hoje e terça-feira com ar muito quente e úmido, e a aproximação de uma frente fria, trará condições propícias para a formação de nuvens carregadas com risco de tempo severo localizado na forma de tempestades localizados de granizo ou vendavais.