Anúncios

Cheias dos rios que desembocam no Guaíba em 10 de julho de 2020 em imagem captada pelo CBERS-4. Inundações aparecem em vermelho assim como as nuvens. (Laercio Namikawa/DSR/Inpe)

As cheias provocadas pelo último ciclone resultaram numa cota histórica do Guaíba no Cais Mauá de 2,61 metros, mas a chuva abaixo da média até agora nesta segunda quinzena de julho favoreceu uma diminuição acentuada do nível que retorna à normalidade. Veja as cotas registradas na leitura da manhã do Cais Mauá nesta semana:

Domingo: 1,74 m


Segunda: 1,62 m

Terça: 1,52 m


Quarta: 1,46 m

Quinta: 1,40 m

Hoje: 1,29 m

Os dados não indicam volume excessivo de chuva na passagem da frente fria entre hoje e amanhã, logo o Guaíba deve seguir com seu nível perto da normalidade. 

Anúncios