Anúncios

O estado de São Paulo acaba de atingir a maior temperatura já registrada pela Meteorologia em sua história pela base oficial do Inmet. A estação automática do Instituto Nacional de Meteorologia no município paulista de Lins indicou às 14h uma temperatura de 43,2°C, que ainda não é a máxima definitiva do dia porque pode subir mais. A marca supera o recorde absoluto do Inmet no estado de São Paulo de 43,0°C no município de Iguape, em fevereiro de 1933. 

Com base nos registros  absolutos de todo estado de São Paulo, a partir dos dados de estações meteorológicas convencionais e automáticas do Instituto Nacional de Meteorologia, este é o novo ranking das maiores máximas já registradas no estado paulista:

1) 43,2°C (parcial) de Lins em 07/10/2020


2) 43,0°C de Iguape em 03/02/1933

3) 42,8°C de Registro em 02/10/2020

4) 42,4°C de Dracena em 06/10/2020

5) 42,2°C de Catanduva em 05/10/2020

6) 42,1°C de Iguape em 16/01/1956 e Catanduva e Votuporanga em 03/10/2020

6) 41,9°C de Lins em 30/09/2020 e 06/10/2020

Na cidade de São Paulo, de acordo com as medições da estação meteorológica automática do Mirante de Santana, a temperatura máxima ontem foi de 36,4°C, o quinto maior valor do histórico de 1943-2020 para um mês de outubro, superando o valor de 35,9°C registrado na segunda-feira. 

Na última sexta-feira (2), a capital paulista registrou 37,4°C, sua maior temperatura do ano e a segunda maior temperatura da série histórica das medições do Inmet no Mirante de Santana na Capital Paulista, que datam de 1943. O recorde de temperatura máxima absoluta para a Capital (considerando o Mirante de Santana como referência de comparação) ainda é de 37,8 °C em 17/10/2014.

Anúncios