Anúncios

Região Norte terá os maiores volumes de chuva nos próximos dez dias

A chuva nos próximos dez dias será mais volumosa no Norte do país. As precipitações em algumas áreas da Região Norte poderão acumular mais de 250 mm.


SUL

Inicialmente, a chuva escasseia nesta semana em grande parte do Sul do país. O destaque passará a ser a temperatura que será muito alta para está época do ano, sobretudo na segunda metade desta semana.

Uma frente fria avançará ao redor do dia 11 de abril com pancadas de chuva. A previsão é que a chuva atingirá mais o Leste de Santa Catarina e do Paraná, além do Rio Grande do Sul. 

SUDESTE

Uma massa de ar seco predomina na maior parte do Sudeste do Brasil. A previsão é de uma sequência de dias com sol e temperatura em alta. A umidade relativa do ar terá declínio durante as tardes com índices que poderão baixar de 30%, especialmente em municípios do interior.

Uma frente fria passará pelo oceano e poderá levar nuvens e pancadas de chuva para o setor do Leste da região no final da primeira quinzena. Portanto, há expectativa de pancadas de chuva no Leste de São Paulo, no Espírito e Rio de Janeiro.

Em Minas Gerais ocorrerão períodos de nuvens com chance de chuva esparsa no Leste. No Triângulo Mineiro há possibilidade de chuva isolada com maior acumulado que poderá alcançar 25 mm.

CENTRO-OESTE

O tempo segue instável em Mato Grosso com projeção de pancadas diárias de chuva nos próximos 10 dias. Os acumulados poderão ser altos com 250 mm em pontos do Norte do Estado.

Já em Mato Grosso do Sul o período será de tempo mais seco com previsão de sol, baixa umidade relativa do ar e tardes de calor com marcas acima de 30°C. A chuva será muito irregular em Goiás com períodos de sol. 

NORDESTE

A chuva volta a ocorrer com altos volumes entre o Agreste e o Sertão Nordestino. Com efeito, espera-se alívio para a estiagem na região. Os modelos projetam que nos próximos 10 dias os acumulados ficarão melhor distribuídos pelos estados do Nordeste com 50 mm a 100mm.

O Sul do Piauí, extremo Sul do Maranhão e o interior da Bahia, entretanto, têm tempo mais  seco com a presença do sol. Por outro lado, entre o Norte do Maranhão e em pontos do Ceará a chuva poderá passar de 200 mm.


NORTE

O período será chuvoso e com altos volumes entre os estados do Amapá, Roraima, Norte do Amazonas e do Pará. Os modelos projetam mais de 250 mm em alguns pontos. Em contrapartida, Tocantins é a área  que menos deverá chover no Norte do país.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

Por fim, em Rondônia, no Acre e na maior parte do Amazonas  e do Pará os acumulados irão oscilar ao redor de 50 mm a 100 mm.

Anúncios