Anúncios

Paraná terá chuva forte e risco de temporais isolados em várias regiões entre hoje e amanhã. Áreas de instabilidade avançam do Paraguai para Leste e em direção também ao Mato Grosso do Sul, onde também pode chover localmente com altos volumes e com possibilidade de algumas tempestades de raios, vento forte e granizo localizado.

A instabilidade que avança para o Paraná e o Mato Grosso do Sul trouxe chuva forte em vários pontos do Paraguai entre a madrugada e a manhã desta quarta-feira. Houve registro de granizo em alguns pontos do país vizinho. Algumas localidades do Paraguai registraram queda de muito granizo a ponto de acumular.


A instabilidade já atingiu áreas mais a Oeste do território paranaense na manhã desta quarta, entretanto tende a se generalizar no final do dia e no começo da quinta-feira. A partir do fim da tarde e do começo da noite de hoje, áreas de instabilidade – algumas fortes – começam a ingressar pelo Oeste do Paraná a partir do Paraguai e do Norte da província argentina de Misiones.

Na sequência, as nuvens de chuva com temporais avançam para Leste e atingem todas as regiões do Paraná até a manhã desta quinta-feira. Por isso, a chuva deve atingir a maior parte do estado paranaense entre a madrugada e o período da manhã. No decorrer do dia de amanhã, apesar de aberturas em alguns pontos, muitas nuvens devem persistir sobre o território paraense e permanece a possibilidade de chuva em diferentes pontos mesmo da tarde para a noite.

Projeções de refletividade do modelo WRF da MetSul, disponível ao nosso assinante na seção de mapas com previsões hora a hora, mostram como a instabilidade deve ingressar pelo Oeste e depois atingirá grande parte do Paraná. Os altos valores de refletividade sugerem chuva forte e risco de temporais isolados.


A chuva tende a ser muito irregular durante a passagem das áreas de instabilidade do Paraná entre hoje e amanhã, embora em alguns pontos os acumulados possam ser muito altos em curtos períodos, sobretudo na ocorrência de temporais isolados.

No geral, os volumes devem ficar abaixo de 20 mm ou 30 mm na maior parte dos municípios paranaenses que tiverem chuva, mas haverá locais, especialmente mais a Oeste do Paraná, em que os acumulados podem atingir marcas próximas ou acima de 50 mm com volumes pontuais até de 75 mm.

Anúncios