Anúncios

Fortes temporais atingiram na manhã desta sexta-feira o Uruguai, assim como alertava a MetSul Meteorologia. Chuva forte e tormentas afetaram diversos departamentos do país vizinho com nuvens carregadas que se formaram ainda durante a madrugada e cresceram durante a manhã.


Uma das cidades mais afetadas pelos temporais foi a de Salto, no Oeste do país. A forte tempestade de chuva e vento registrada nesta manhã causou danos e destruição em toda a cidade com queda de grande número de árvores.

Uma árvore atingiu moradia no bairro Andresito, mas duas meninas que dormiam na residência conseguiram ser resgatadas antes e não sofreram ferimentos. Equipe de funcionários da Secretaria de Serviços Públicos do Município de Salto trabalha no local. Segundo Mario Furtado, da prefeitura da cidade uruguaia, o vendaval deixou mais de 20 árvores caídas.

O Instituto Uruguaio de Meteorologia (Inumet) emitiu alerta para “tempestades fortes e muito fortes” com “rajadas de vento fortes e muito fortes, chuvas abundantes, ocasionalmente copiosas, queda de granizo e intensa atividade elétrica” até o domingo.

As altas temperaturas que estão sendo registradas continuarão no Centro, Norte e parte do Leste do território e se prolongarão até domingo. Segundo o Inumet, a temperatura vai subir ainda mais no sábado, num “dia quente e instável em todo o país”. Haverá também “tempestades isoladas e ocasionalmente fortes e pancadas de chuva”.

O Instituto Uruguaio de Meteorologia (Inumet) reforçou que no domingo haverá “tempestades fortes e muito fortes”, provocadas pela entrada de uma frente fria vinda de Sudoeste logo pela manhã. Ao longo do dia, a frente se moverá em direção a Nordeste com chuva e fortes temporais, alguns severos.

As fortes instabilidades formadas nas últimas horas sobre o Uruguai e o Nordeste da Argentina começaram a ingressar no Rio Grande do Sul a partir da fronteira. O dia virou noite na manhã de hoje em Uruguaiana com o avanço de uma nuvem de tempestade sobre a cidade.

Virada do tempo hoje de manhã em Uruguaiana | DOUGLAS CUNHA

Estação meteorológica registrou 20 mm em apenas uma hora na cidade e a temperatura que estava em quase 30ºC caiu para 21ºC. O mesmo ocorreu em Quaraí, onde apenas entre 10h e 11h da manhã a chuva somou 20 mm na cidade da fronteira com o Uruguai.

Praticamente todas as regiões do Rio Grande do Sul tem chance de instabilidade até o fim do dia nesta sexta-feira, mas a chance de chover em maior número de cidades, embora de forma irregular, é maior no Oeste, do Centro e do Sul do território gaúcho.

A imagem do satélite meteorológico GOES-16 do final da manhã desta sexta mostrava significativo aumento de nebulosidade no Oeste e no Sul do Rio Grande do Sul com nuvens muito carregadas se deslocando pelo Oeste do estado.

A MetSul Meteorologia adverte que, com a atmosfera superaquecida, é alto o risco de chuva forte isolada e de temporais com probabilidade de vendavais. Alguns vendavais isolados podem ser intensos com queda de árvores, destelhamentos e outros danos.

No final da manhã desta sexta-feira, a temperatura já superava a marca dos 35ºC na área metropolitana de Porto Alegre e os termômetros indicavam mais de 34ºC na capital gaúcha. No Vale do Paranhana, antes mesmo do meio-dia estações meteorológicas já acusavam mais de 36ºC.

A MetSul Meteorologia está nos canais do WhatsApp. Inscreva-se aqui para ter acesso ao canal no aplicativo de mensagens e receber as previsões, alertas e informações sobre o que de mais importante ocorre no tempo e clima do Brasil e no mundo, com dados e informações exclusivos do nosso time de meteorologistas.

Anúncios