Várias províncias da Argentina experimentam temperatura e sensação térmica extremas nesta reta final do verão de 2024 | LUIS ROBAYO/AFP/METSUL METEOROLOGIA

O calor ganhou força nesta terça-feira na Argentina com máximas acima de 40ºC à tarde em províncias do Norte do país enquanto a sensação térmica superava os 40ºC em várias províncias e com registros pontuais se sensação até acima de 50ºC em dia por demais quente do Centro para o Norte argentino.

Boletim das 15h desta terça do Serviço Meteorológico Nacional da Argentina indicava temperatura naquele horário de 43,4ºC em Rivadavia (Salta); 41,8ºC em Las Lomitas (Formosa); 40,6ºC em Chepes (La Rioja); e 40,2ºC em San Fernando de Catamarca (Catamarca). Muitas outras cidades registravam no horário entre 37ºC e 40ºC.

O mesmo boletim indicou que a sensação térmica por efeito da umidade às 15h de hoje era de 50,6ºC em Sauce Viejo (Sante Fé); 49,6ºC em Reconquista (Santa Fé); 48,6ºC em La Rioja (La Rioja); 48,3ºC em Marcos Juárez (Cordoba) e Pilar (Córdoba); 48,0ºC em Resistencia (Chaco); 47,5ºC em Paso de Los Libres (Corrientes), Ceres (Santa Fé) e Paraná (Entre Ríos); 46,9ºC em Sunchales (Santa Fé); 46,1ºC em Ituzaingo (Corrientes); e 45,6ºC em San Miguel de Tucumán (Tucumán).


Por que tanto calor? Uma massa de ar tropical extremamente quente e úmida cobre o Centro, Norte e o Nordeste da Argentina associada a um bolha de calor instalada sobre o Norte do país e o Paraguai. Este domo de calor se reflete em temperatura muito alta também em áreas da Bolívia e do Brasil. Com a umidade mais alta, os índices de sensação térmica acabam extremos.

O calor deve aumentar ainda mais nos próximos dias no Norte e no Nordeste argentino. A previsão da MetSul Meteorologia é que a temperatura em algumas cidades se situe entre 43ºC e 45ºC, mas a sensação térmica em algumas províncias pode atingir de 50ºC a 60ºC com índices perigosos de calor para a saúde humana.

A massa de ar muito quente cobre também a área de Buenos Aires, mas não provoca forte calor. Isso porque sobre a área atua uma frente quente que traz chuva frequente com temporais, impedindo uma maior elevação da temperatura. A capital da Argentina e sua área metropolitana experimentaram uma terça-feira caótica com alagamentos, inundações, falta de luz e voos cancelados pelo mau tempo que trouxe chuva acima de 100 mm em poucas horas.


A MetSul Meteorologia está nos canais do WhatsApp. Inscreva-se aqui para ter acesso ao canal no aplicativo de mensagens e receber as previsões, alertas e informações sobre o que de mais importante ocorre no tempo e clima do Brasil e no mundo, com dados e informações exclusivos do nosso time de meteorologistas.