Anúncios

A vegetação se pinta com as cores do outono na Serra Gaúcha, mas o clima ainda não é o típico da estação na região e no restante do Rio Grande do Sul. Isso, entretanto, está prestes a mudar. A semana que começa vai ser marcada ainda por temperatura acima da média no Estado, inclusive com algumas tardes quentes no meio da semana. A maioria dos dias terá sol e nuvens com alguns períodos de maior nebulosidade e a chuva tende a se concentrar no decorrer da semana mais sobre o Uruguai, o Oeste e o Sul gaúcho, em consequência do bloqueio atmosférico que está com os seus dias contados.


Em exagero de retórica meteorológica, essa será a última semana do prolongado verão de 2018. Na quinta-feira, frente fria traz chuva para o Oeste e o Sul. Esse sistema avança pelo Estado na sexta com chuva em grande parte do território gaúcho. Essa frente romperá, enfim, o bloqueio atmosférico longuíssimo das últimas semanas e responsável pelo mês de abril mais quente já registrado em mais de um século de observações meteorológicas na Argentina e no Rio Grande do Sul.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas


Ar mais frio ingressa no final de semana e traz marcas mais típicas da estação. Não, não será ainda aquele frio de encarangar, mas um resfriamento que vai aproximar a temperatura do que é padrão para essa época do ano. Alguns dias com madrugada mais gelada são esperados na segunda quinzena de maio. Entre os dias 15 e 20 de maio, segundo vários modelos analisados pela MetSul, pode ser registrado um período de frio mais forte no Sul do Brasil com mínimas de um dígito em muitas localidades e geada em diferentes localidades.

Anúncios