Anúncios

Volumes muito altos de chuva foram registrados entre sexta e sábado do Centro para o Norte do Rio Grande do Sul com acumulados de 50 mm a 100 mm em quase todos os municípios da Metade Norte e marcas acima de 100 mm em diversas localidades. Porto Alegre teve quase 70 mm na zona Norte ou dois terços da média histórica de chuva de todo o mês de dezembro. A chuva veio acompanhada de muitos raios com alguns temporais isolados. Em Garibaldi, na Serra, vendaval provocou estragos, especialmente na zona rural do município.

Fabiano Gutierres

Luciane Kolhmann

A instabilidade foi resultado de um centro de baixa pressão que ontem atuava no Atlântico Sul como um ciclone extratropical e que se distanciava do continente. Esse sistema impulsionou ar seco para grande parte do Cone Sul, o que garantiu o tempo aberto com predomínio do sol ontem no Rio Grande do Sul.



E o tempo seco deve predominar no Estado nesta primeira metade da semana com noites amenas para o final de novembro e tardes agradáveis na maioria das regiões. Chuva até poderá ocorrer no interior, mas de forma muito isolada. Como hoje e amanhã em áreas do Sul e junto às fronteira. Durante a segunda metade da semana se espera que haja uma maior presença de nuvens e instabilidade no Estado, principalmente em localidades da Metade Norte.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios