Anúncios

Uma massa de ar seco e frio de alta pressão atmosférica ingressou no Rio Grande do Sul e trouxe temperatura baixa em algumas regiões no começo desta quinta-feira. A fronteira com o Uruguai e a região da Campanha tiveram o resfriamento mais acentuado durante a madrugada por conta da atmosfera mais seca e a menor cobertura de nebulosidade. Foram registradas mínimas de 5,0ºC em Bagé, 5,2ºC em Livramento e 5,3ºC em Quaraí. Foi na Serra do Sudeste, contudo, a menor mínima no Estado com 4,1ºC em Pedras Altas. Na região mais alta do Rio Grande do Sul, nos Aparados da Serra, a menor temperatura foi de 5,8ºC em São José dos Ausentes. No Uruguai (foto), que tem uma quinta-feira de sol forte, a temperatura ficou abaixo dos 5ºC em várias cidades do país. A estação oficial do aeroporto de Carrasco, em Montevidéu, teve mínima de 4,6ºC.


Mapas do modelo GFS mostram a grande diferença de anomalia de temperatura entre a tarde desta quinta-feira (31) e a tarde do próximo domingo (3)

Esse pulso de ar frio rapidamente ejeta para o oceano e ar mais quente volta a ingressar rapidamente no território gaúcho nesta sexta-feira. O dia ainda vai começar frio, porém aquece mais no período da tarde e o Noroeste do Estado já deve ter calor com máximas na região de Santa Rosa de 32ºC a 34ºC. No fim de semana, o calor se intensifica em todo o Rio Grande do Sul com máximas acima de 30ºC em muitos municípios.


As máximas no Rio Grande do Sul no sábado e no domingo devem ficar perto ou acima de 35ºC, marcas que devem ser atingidas no Noroeste no sábado e em maior número de regiões, inclusive na área de Porto Alegre. Em Esteio, no último domingo da Expointer, a tarde vai ser de muito calor com máximas de até 35ºC à sombra no Parque Assis Brasil. Na segunda-feira, antes do retorno da chuva, o tempo ainda estará quente e abafado em parte do Estado.

 

Anúncios