Anúncios

Essa semana marca uma clara mudança de padrão atmosférico. Nos últimos 60 dias, a chuva ficou completamente concentrada no Sul do Brasil, especialmente no Rio Grande do Sul, com precipitações escassas no Paraná, Centro-Oeste e Sudeste do Brasil. Foi muita chuva principalmente no Sul e no Leste gaúcho, incluindo Porto Alegre, o que foi tema recorrente pelas reclamações sobre o persistente tempo úmido. Já no Brasil Central há localidades em que não se registra chuva expressiva por mais de cem dias. Junho e julho já são meses da temporada seca no Brasil Central, mas no Paraná, Mato Grosso do Sul e São Paulo os dois meses foram muito mais secos do que o normal neste ano.

Nesta semana, com a instalação de centro de alta pressão sobre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, um canal de umidade se organiza em latitudes mais ao Norte, determinando que o tempo seco predomine aqui no território gaúcho e a chuva retorne a estados como Paraná, Mato Grosso do Sul, São Paulo e parte de Minas Gerais. Pode até chover forte.



Até  o dia 8 de agosto e se observa a tendência de precipitações escassas aqui no Estado e volumosas a partir do Norte do Paraná. Hoje é o terceiro dia consecutivo com tempo seco no Rio Grande e serão muitos agora na primeira semana de agosto.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios