Anúncios

Fronteira Oeste teve quinta-feira de calor histórico enquanto em Porto Alegre (fotografia) nuvens impediram maior aquecimento e trouxeram um dia muito abafado | Fernando Oliveira

O calor extremo não para de atingir marcas históricas no Rio Grande do Sul. Desde a semana passada o estado gaúcho alcança máximas poucas vezes vistas ou recordes em vários municípios. Hoje, de novo, e desta vez em Uruguaiana.

A temperatura máxima na estação do Instituto Nacional de Meteorologia na cidade da Fronteira Oeste de 42,1ºC foi a segunda mais alta de toda a série histórica do município que se iniciou em 1912. Bateu os 42,0ºC da grande e histórica onda de calor de janeiro de 1943 e por pouco não igualou o recorde absoluto de 42,2ºC de 1986. É o primeiro registro de 42ºC e a maior temperatura na rede oficial do instituto nacional no Estado desde 1986, portanto em 36 anos.


O Inmet registrou ainda durante a quinta-feira 40,9ºC em São Luiz Gonzaga, 40,8ºC em Alegrete e 40,6ºC em Quaraí. Foi o nono dia em que a temperatura atingiu os 40ºC no Rio Grande do Sul na rede do órgão federal. Já estações particulares e de outras instituições apontaram 43,2ºC em Santa Rosa, 41,6ºC em Porto Xavier, 41,0ºC em Lajeado, 40,9ºC em Santo Antônio das Missões, 40,7ºC em Teutônia e Porto Vera Cruz, 40,6ºC em São Borja e Santo Ângelo, e 40ºC em Bossoroca, Itaqui e Maçambará. A maior parte das estações meteorológicas do Rio Grande do Sul teve entre 35ºC e 40ºC.

A Grande Porto Alegre foi a 39,2ºC em Parobé, 38,1ºC em Campo Bom, 37,7ºC em Canoas, 36,9ºC em São Leopoldo e 36,5ºC em Porto Alegre (Jardim Botânico). As máximas somente não foram mais altas na região metropolitana pela abundante nebulosidade em parte do dia.


Na Serra, apesar da altitude, algumas estações registraram mais calor que a Grande Porto Alegre. Conforme o Inmet, as máximas foram de 38,1ºC em Serafina Correa e de 35,2ºC em Bento Gonçalves.

Previsão para sexta-feira

O Rio Grande do Sul terá nesta sexta o seu décimo dia seguido com máxima na casa de 40ºC em mais uma jornada tórrida e escaldante em que as máximas devem ficar entre 41ºC e 43ºCem várias cidades do Noroeste e da Fronteira Oeste. Marcas acima de 40ºC são esperadas em outras regiões como o Centro do Estado e os vales.

O sol aparece com nuvens em todo o território gaúcho, mas o forte aquecimento traz pancadas localizadas de chuva da tarde para a noite e que, muito isoladamente, pode vir com temporal. Segue a sensação de abafamento e enorme desconforto.

Anúncios