Anúncios

O Rio Grande do Sul teve nesta sexta-feira o 25º dia do ano com registro de mínimas abaixo de zero. A menor marca foi anotada em estação particular no interior de São José dos Ausentes, onde os termômetros acusaram 4,8ºC negativos. É a terceira menor marca do ano na localidade, atrás dos -5,4ºC de 19/6 e dos -7,4ºC de ontem. Interessante ver que cidades ao nível do mar como Torres e Porto Alegre tiveram mínimas muito abaixo de algumas cidades da Serra. São Leopoldo teve 0,6ºC na estação do Parque Imperatriz, a segunda menor do ano na região. Isso se explica porque o ar frio enfraqueceu em altitude, o que limitou as mínimas negativas ou perto de 0º às baixadas da Serra e dos Aparados e às planícies do Sul e do Leste do Estado. Todas estações automáticas do Inmet nestas regiões serranas estão em pontos mais altos ou topos, logo indicam marcas bem acima das baixadas e fundos de vale nos mesmos municípios nestas noites em que as massas de ar polar começam a enfraquecer. Destaque ainda para a mínima de Pelotas no Cpmet de 1,9ºC que foi inferior a de ontem no local. Em Santa Catarina, fez 2,8ºC abaixo de zero hoje em Bom Jardim da Serra que é município limítrofe com São José dos Ausentes.



Há 15 anos, em 15 de agosto de 1999, vários pontos da Serra Gaúcha amanheciam o dia brancos pela neve associada a um ciclone e intensa massa de ar polar. A ocorrência do fenômeno foi mais forte em São Francisco de Paula, onde a neve acumulou alguns centímetros. Hoje não teve neve, mas teve gelo. Com mais uma madrugada de frio intenso, muitos municipios gaúchos voltaram a ter hoje a ocorrência de geada e que em diversos locais voltou a ser forte. Em Ausentes, por exemplo, os campos novamente ficaram cobertos de branco e a água tornou a congelar (fotografia de Maria Angélica Fischer).


O sol predomina novamente no Rio Grande do Sul durante esta sexta-feira, mas com a presença de nuvens altas (tipo Cirrus) no céu. A cobertura de nuvens deve aumentar em algumas regiões do Oeste e do Norte gaúcho na segunda metade do dia com chance de chuva à noite, no final do dia, no Noroeste e no Norte do Estado. Por conta da atmosfera seca, as diferenças de temperatura entre a noite e o dia são acentuadas e a jornada é de grande amplitude térmica. A tarde vai ter máximas mais altas que ontem e agradáveis na maior parte do Estado. Porto Alegre que começou o dia com 3ºC na zona Sul em amanhecer lindo de sol e nuvens altas (reprodução abaixo do SBT Rio Grande) vai ter 20ºC durante a tarde em alguns bairros da cidade.



Neste sábado, a Metade Norte deve ter muitas nuvens e chuva em vários pontos durante o dia. Na Metade Sul, o tempo seco predomina durante o dia, o que fará com que a madrugada seja ainda muito fria no Sul gaúcho e na região de fronteira com o Uruguai. Crucial enfatizar que há incerteza de prognóstico para a região central do Estado, o que inclui Porto Alegre. Os modelos têm oscilado muito em suas projeções, ora limitando a chuva ao Norte gaúcho e ora estendendo ao Centro e pontos do Leste do Estado neste sábado. Por isso, o dia na Capital vai ter mais nuvens e não se pode descartar instabilidade. No domingo, o sol vai aparecer com nuvens na maioria das regiões, mas no Leste gaúcho ainda ocorrerão períodos de maior nebulosidade com chance de instabilidade fraca e esparsa. O dia vai ser de marcas amenas no Estado. O tempo seco predomina no decorrer da próxima semana no Rio Grande do Sul e se espera, inclusive, ingresso de ar mais quente de Norte.

Anúncios