Anúncios

A temperatura chegou a 30,5ºC ontem em Santa Cruz do Sul em mais um dia atípico pra estação, mas vem uma mudança radical e brusca do tempo hoje. 

Parte ou grande parte do dia ainda será quente e abafado com sol e nuvens em diversas regiões, mas ainda pela manhã começa a ingressar no Rio Grande do Sul pelo Oeste e o Sul uma frente fria que se deslocará pelo Estado muito rapidamente. Antes da chegada da frente haverá vento Norte moderado ou forte em algumas regiões, como o Centro do Estado.


A queda da temperatura com a chegada da frente será acentuada. Haverá uma muito rápida troca de massas de ar, de quente para fria. Por isso, em muitos lugares o tempo de manhã vai estar propício para manga curta e no fim da tarde e à noite para agasalho de inverno. Em Porto Alegre, por exemplo, a manhã e a tarde devem ser com abafamento, mas à noite terá frio. 

No fim do dia, quase todo o Oeste, Centro e o Sul do Estado terão temperatura abaixo dos 10ºC e ainda com vento, aumentando a sensação de frio. Mais para o Norte e o Nordeste do Estado, perto de Santa Catarina, a chuva e o frio chegam bem no fim do dia ou na madrugada de amanhã. 

A frente fria ao se deslocar pelo Estado hoje deve se intensificar, especialmente na faixa central do Estado e parte da Metade Norte. Por isso não se pode descartar a possibilidade de temporais isolados. A velocidade com que a frente avançará e a muito rápida troca de massas de ar, de quente pra frio, sugere alto risco de vento. Por isso, alerta-se para o risco de fortes rajadas em diferentes localidades. 


A quarta-feira, sob a massa de ar frio, deve ser um dia clássico de inverno com muito frio de manhã e à noite, e temperatura baixa mesmo à tarde. A tarde de amanhã deve ter apenas 12ºC a 15ºC na maioria das cidades e máximas inferiores a 10ºC em vários pontos da Serra e Aparados. A quinta reserva o amanhecer mais gelado do ano até agora no Oeste, Centro e o Sul gaúcho com geada em muitas localidades.  Mais ao Norte e o Nordeste do Estado, o impacto do ar frio será menor e as mínimas não devem ser tão baixas. (Com foto de capa de Carlos Wolff)

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios