Anúncios

África do Sul perde uma de suas principieis bibliotecas | Divulgação

Um incêndio em vegetação na Cidade do Cabo destruiu parte da biblioteca universitária da cidade de duzentos anos e que abriga uma coleção única de arquivos africanos e que é considerada uma das mais importantes do continente.

As chamas se propagaram no domingo para o campus da Universidade da Cidade do Cabo (UCT), o que obrigou centenas de estudantes a abandonar as suas residências.


O departamento de Estudos Africanos da biblioteca universitária, um edifício dos anos 1930, foi “completamente destruído”, afirmou a diretora das bibliotecas da UCT, Ujala Satgoor. Fundada em 1829, a University of Cape Town é considerada a melhor universidade de toda a África.

“Perdemos alguns de nossas coleções mais valiosas”, completou, antes de afirmar equipamentos corta-fogo protegeram outras partes do edifício.

O campus da UCT estava coberto por uma espessa nuvem de fumaça e os bombeiros tentavam combater as chamas perto do centro da Cidade do Cabo. 

O mapa de risco de fogo em vegetação a partir do modelo europeu mostra que o risco de incêndios na área da Cidade do Cabo.


Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

As autoridades abriram uma investigação sobre a causa do incêndio. Campanha na África do Sul pedem à comunidade doações de água, energéticos, barras de cereais ou marmitas aos voluntários e bombeiros que desde ontem tentam controlar o incêndio que atingiu o Parque Nacional da Table Mountain e a University of Cape Town.

Anúncios