Anúncios

Imagem de satélite mostra nuvens carregadas com chuva no Norte da Argentina

Chuva e temporais atingem províncias do Norte da Argentina nesta segunda-feira. Chove com temporais nas províncias de Corrientes, Misiones e o Chaco com altos volumes em alguns locais, de acordo com o Serviço Meteorológico Nacional da Argentina (SMN). Com efeito, as áreas de instabilidade estão logo a Oeste do Sul do Brasil.

Qual o caminho que a chuva vai tomar? A tendência, conforme a análise da MetSul, é das áreas com precipitação rumarem para Norte e Nordeste durante o restante do dia de hoje e esta terça. Portanto, a previsão é que a chuva agora no Norte da Argentina não alcance grande parte do Rio Grande do Sul e desvie da maior parte do Estado.

A instabilidade da Argentina vai alcançar no final desta segunda e durante parte da terça-feira pontos do Noroeste e do Norte do Rio Grande do Sul. A tendência é que as precipitações sejam irregulares. No decorrer da terça, entretanto, áreas do Oeste, do Centro e do Sul gaúcho podem ter chuva isolada. Será efeito do calor, sobretudo da tarde para a noite. Logo, sem qualquer relação com a instabilidade agora no Norte da Argentina.

O caminho da chuva

A previsão é que a chuva agora atuando no Norte argentino avance para o Paraguai, Santa Catarina e o Paraná. As precipitações vão alcançar mais áreas do Oeste e Norte catarinense e diferentes regiões paranaenses. Ocorre que a chuva será irregular e na maioria das áreas com baixos volumes. Em diversos municípios dos dois estados pouco ou nada deve chover nesta terça. No Sul catarinense, por exemplo, não há previsão de chuva.

Por fim, deve rumar do Paraná para São Paulo. O prognóstico é que atinja áreas do estado paulista, inclusive a capital, da tarde para a noite desta terça. Há o risco de pancadas fortes esparsas e de temporais isolados.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios