Anúncios

O mês de novembro começou com um evento de tempo severo que deixou dois mortos na Argentina e chuva entre 150 mm e 200 mm no Uruguai. No Rio Grande do Sul, a chuva da sexta e do fim de semana foi muito irregular com acumulados baixos na maioria das regiões, mas no Oeste do Estado a realidade foi diferente. O final da sexta-feira e o sábado tiveram muita chuva no Oeste gaúcho com grandes acumulados de precipitação em curto período, resultado de um sistema convectivo de mesoescala (um aglomerado de nuvens carregadas) que atuou na região. Os volumes, em média, variaram de 50 a 80 mm nas áreas de Quaraí, Uruguaiana e São Borja. Em Quaraí, choveu perto de 50 mm em só três horas. Volumes tão altos de chuva trouxeram alívio para os produtores de arroz que viam os níveis de suas barragens cair com as precipitações insuficientes.




Tormentas atingiram o Uruguai no primeiro dia de novembro com chuva intensa – Fotos de Guzman Silva/MetSul

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

O tempo ensolarado de ontem e hoje deve ser a condição predominante até o final desta semana. Neste período, assim como na última semana, centro de alta pressão no Atlântico vai ditar as condições do tempo, garantindo o predomínio do sol. As madrugadas devem ser bem amenas para o mês de novembro, até com frio para esta época do ano. Hoje fez 4,4ºC em Ausentes e 5,0ºC em Cambará do Sul. Ontem, Bagé registrou 6,6ºC. As tardes no restante da semana serão agradáveis com maior aquecimento, inicialmente, pelo Oeste e o Noroeste, e na maioria das regiões no final da semana. O contraste térmico do ar frio e de alta pressão na costa e quente de menor pressão no continente, tal como na semana passada, trará tardes ventosas com rajadas do quadrante Leste. Na sexta-feira já não se afasta instabilidade isolada, mas o tempo deve mudar mesmo é no fim de semana com pancadas de chuva e temporais isolados. Preocupa um profundo centro de baixa pressão sobre o Estado no começo da semana que vem, mas este cenário de risco será objeto de análises e alertas nos próximos dias.

Anúncios