Anúncios

A previsão de chuva para o Centro-Sul do Brasil nos próximos sete dias mostra cenário de manutenção do tempo seco, quente e de muito baixa pressão atmosférica em extensa área do Centro do Brasil, onde a chuva não deve retornar tão cedo e as precipitações só devem cair no final do mês ou em setembro.

No Sudeste, a chuva se limita mais ao Sul e o Leste de São Paulo, Rio de Janeiro, Sul de Minas Gerais e o Espírito Santo, logo em pontos mais próximos do oceano. Mais para o interior da região, a tendência é de o tempo seguir seco e firme nos próximos sete dias, o que manterá a umidade muito baixa na maioria das cidades do interior paulista e Minas Gerais. Os volumes, ademais, devem ser baixos na maior parte das cidades do Sudeste que terão precipitação no período.


O evento mais importante em termos de chuva se dará é no Sul do Brasil. Espera-se um aumento da precipitação em parte de Santa Catarina e do Paraná. A atmosfera tende a se instabilizar entre hoje e amanhã em diversos pontos dos dois estados e a instabilidade vai prosseguir no fim de semana e no começo da próxima semana.

Os maiores volumes de chuva devem se dar no Leste de Santa Catarina e do Paraná, mas, sobretudo, na região Nordeste catarinense de divisa com o Sudeste do Paraná. Nestes pontos, os acumulados de chuva nos próximos sete dias serão muito altos e vão ficar entre 100 mm e 150 mm em algumas cidades.

Na maior parte do restante do Sul do Brasil vai chover pouco ou nada no período. Quanto mais afastado do oceano, mais a Oeste, maior será o predomínio do tempo seco. Ventos úmidos que vêm do mar vão trazer nuvens e instabilidade fraca para o Sul e o Leste do Rio Grande do Sul, mas com volumes muito baixos e precipitação bastante irregular.


O mapa acima mostra a projeção de chuva para o Centro-Sul do Brasil nos próximos sete dias pelo modelo meteorológico alemão Icon, disponível ao assinante na seção de mapas da página. Observa-se o evento de chuva prognosticado para o Sul do país e a tendência de grande parte do Centro-Oeste e do Sudeste brasileiros seguirem secos.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

Este desenho da chuva de o Centro do país permanecer seco com chuva no Sul e áreas próximas da costa no Sudeste é típico da climatologia desta época do ano. É o auge do período seco do ano no Brasil Central com dias muito secos e quentes ao passo que o Sul recebe a influência de sistemas meteorológicos que trazem chuva em todos os meses do ano.

Anúncios