A MetSul Meteorologia antecipa muita chuva ainda na Metade Sul do Rio Grande do Sul. Na noite deste sábado, a previsão do tempo da MetSul é de chuva na maioria das regiões do Estado, exceção de área mais ao Noroeste e o Norte do território gaúcho que vão seguir com predomínio do tempo seco.

A chuva, no geral, será fraca a moderada e, isoladamente, vão ocorrer pancadas fortes a torrenciais passageiras com trovoadas em diferentes pontos. Entre as áreas com tal potencial estão a Serra, os vales, a Grande Porto Alegre, a área de entorno da Lagoa dos Patos e o Sul gaúcho, todas na Metade Leste. Orisco de temporal é baixo, mas não podem ser afastadas ocorrências isoladas de granizo.

No domingo, o tempo ainda estará instável em parte do dia na maioria das regiões, mas a tendência é que o Norte e o Noroeste do Estado tenham predomínio do tempo seco e com temperatura alta e calor à tarde. Em pontos do Centro e do Nordeste do Estado, o que inclui a Grande Porto Alegre e a Serra, o tempo deve melhorar no decorrer do dia com a presença de sol e nuvens que traz aquecimento maior após um início de domingo com possível instabilidade.


A chuva ao longo do domingo tende a se concentrar mais em parte do Oeste, em áreas da fronteira com o Uruguai e no Sul gaúcho. No Sul do Estado, em especial, volumes altos de chuva podem ser esperados. Com aporte de ar muito quente na Metade Norte do Estado, nuvens carregadas podem se formar no Oeste e no Sul com raios e um risco de granizo isolado.

Os modelos coincidem em indicar que a chuva mais volumosa deve se concentrar na Metade Sul do Estado, mas diferem sobre o posicionamento da área com os acumulados mais altos. Nas projeções para 72h (até 9h de terça), o modelo alemão Icon projeta que a chuva mais volumosa se situaria numa faixa do Oeste ao Sul gaúcho que abrangeria uma parte do Centro do Estado (região de São Gabriel). Já o modelo WRF projeta que a chuva com maiores volumes se daria mais ao Sul.


Os acumulados de chuva até o meio da tarde deste sábado chegaram a 45 mm em Rosário do Sul, 35 mm em Camaquã e Encruzilhada do Sul, e a 30 mm em Alegrete, Quaraí e Dom Pedrito.