Anúncios

Raios em Santo Ângelo na noite de domingo (Ricardo Bourscheid)

Temporais com chuva localmente forte, rajadas de vento e muitos raios atingiram no final do domingo o Noroeste do Rio Grande do Sul e o Oeste Catarinense. Antes, as áreas de instabilidade afetaram as províncias argentinas de Corrientes e Misiones. Em Corrientes, uma supercélula de tempestade provocou uma enorme granizada na Ruta Nacional 10, o que causou até ruptura dos vidros dos veículos pelas pedras de gelo do tamanho de laranjas. Vídeos gravados por motoristas que passaram pela estrada logo após o temporal mostraram diversos veículos estacionados à margem da rodovia que ficou coberta do gelo do granizo.


A MetSul Meteorologia adverte que o risco de temporais permanece nesta semana no Sul do Brasil por conta de uma frente semi-estacionária entre o Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Esse sistema receberá a alimentação de ar quente e úmido de Norte, favorecendo convecção acentuada e desta forma a formação de nuvens carregadas de grande desenvolvimento vertical que são capazes de gerar tempestades isoladas de vento forte e granizo.


Como temos destacado, a grande preocupação na semana com a atuação deste sistema será o excesso de chuva, mas acompanhando a chuva forte a torrencial de natureza convectiva poderão ocorrer em alguns momentos raios, granizo isolado e ventania. O período de maior instabilidade nesta semana, particularmente no Centro e no Norte do Rio Grande do Sul, deve ser entre esta terça (10) e a sexta (13). Apesar de ainda poder chover no sábado (14) em muitas áreas, modelos numéricos analisados pela MetSul indicam que o tempo firmaria na maior parte do Rio Grande do Sul durante o domingo (15).

Anúncios