Anúncios

Chegamos à metade de abril e o ritmo atmosférico no Rio Grande do Sul ainda é o do verão. É o que explica tanto o sábado como o domingo terem tido pancadas localizadas de chuva em diversas regiões gaúchas, efeito da combinação de calor com umidade que forma nuvens carregadas durante a tarde (convecção).

O destaque principal fica para as ocorrências da tarde de sábado, quando se registrou intensa queda de granizo em alguns municípios. Sob uma atmosfera muito aquecida em baixos e médios níveis, com marcas em superfície de até 32ºC, grandes nuvens de desenvolvimento vertical se formaram no Vale do Taquari, onde produziram granizo no município de Roca Sales. Essas nuvens se deslocaram para a Serra e a instabilidade se intensificou rapidamente com uma grande granizada.


Os municípios da Serra mais atingidos foram Farroupilha, Bento Gonçalves e, sobretudo, Caxias do Sul. Foi tanto granizo que o gelo acumulou a ponto de carros atolarem em blocos de gelo em rodovia da região (foto). A paisagem branqueou como se tivesse nevado.


Grandes granizadas não são comuns nesta época do ano. São mais freqüentes no inverno e na primavera, especialmente com frentes quentes e centros de baixa pressão. Com a atmosfera mais fria em altitude, contudo, com a formação de nuvens com topos mais altos como no sábado, o granizo pode cair em grande quantidade.  

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

Anúncios