Anúncios

Quem olhou para o céu no começo desta noite foi presenteado por uma maravilhosa aparição da Lua. Alaranjada como poucas vezes se viu nos últimos anos aqui em Porto Alegre. Mas, afinal, por que o satélite da Terra estava tão alaranjado no horizonte no dia de hoje em Porto Alegre. A resposta está nas condições atmosféricas correntes e também dos últimos dias. Não chove em Porto Alegre há quase duas semanas. A cidade tem tido reiteradamente inversão térmica. A umidade relativa do ar está baixa e o vento calmo. A soma destes fatores faz com que haja um aumento significativo da presença de material particulado, leia-se poluição, na atmosfera sobre Porto Alegre. Em outras palavras, o ar que respiramos hoje está mais sujo.




Registro de Sérgio Ordobás (@ordobas) da Lua nesta noite em Porto Alegre

Segundo a astrônoma da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) Thaisa Storchi Bergmann, quando acontece esse tipo de situação de maior concentração no ar de material particulado, a atmosfera absorve principalmente a radiação (luz) azul, deixando Quando há muita quantidade de material, a absorção se torna maior, realçando ainda mais o tom avermelhado. Foi o que ocorreu também como o Sol durante o agosto do ano passado (veja foto). A MetSul há dias vem alertando na mídia que a longa sequências de dias de tempo seco traria a piora da qualidade do ar. Os índices, contudo, não estão sendo divulgados pela Fepam-RS porque o órgão sofreu mudanças após ter a sua sede interditada por decisão judicial.

Anúncios