Anúncios

Reprodução/Redes sociais

Em meio à emergência por mais um episódio de precipitação excessiva, uma situação inusitada ocorreu no Sul da Bahia com mais um episódio de chuva intensa na região neste mês de dezembro. Um peixe apareceu na pista do aeroporto de Ilhéus, na manhã de ontem.

Funcionários e passageiros do aeroporto ficaram espantados com o aparecimento do peixe, um bagre, na pista do aeródromo. Em vídeo registrado, ele aparece “nadando” na pista.


O Corpo de Bombeiros, que esteve no aeroporto, removeu o peixe e informou que foi provavelmente levado até o local com a cheia do rio perto de umas das cabeceiras da pista.

A chuva fez estragos também em municípios como Itabuna, Coaraci, Camacan, Itaju do Colônia, Itororó, Itacaré, Almadina, Itajuípe, Pau Brasil, Firmino Alves, Mascote, São José, Vitória e Santa Luzia.

“Temos 19 cidades com várias comunidades embaixo d’água. A base de apoio está montada em Ilhéus e já começa a receber apoio dos governos do Maranhão, Espírito Santo e Minas Gerais, além do Ministério da Cidadania. A prioridade neste momento é retirar todas as pessoas das áreas de riscos, restabelecer serviços e abrir estradas”, informou o governo baiano.

A chuva excessiva na Bahia não surpreende. Na última semana, a MetSul alertou que as mesmas regiões castigadas no começo do mês voltariam a sofrer com chuva excessiva e inundações. As precipitações somam quase 200 mm nas últimas 72h em municípios como Valença e Ilhéus.

A previsão é de mais chuva na Bahia no começo desta semana com os maiores volumes no Oeste e no Sul baiano à nmedida que a Zona de Convegencia do Atlântico Sul (ZCAS) segue atuando no território baiano com instabilidade frequente e localmente intensa.

No decorrer da semana, entretanto, o canal de umidade recua no sentido Sul e a chuva aumentará em estados do Sudeste do Brasil, especialmente em Minas Gerais, diminuindo na Bahia.

Anúncios