Anúncios

Nevoeiro raso e geada hoje cedo em baixadas de São Joaquim (SC) | Mycchel Legnaghi/São Joaquim Online

A temperatura na tarde de ontem chegou a 41,5ºC em Quaraí, no Oeste do Rio Grande do Sul, a mais alta na estação desde que tiveram início as medições pelo Instituto Nacional de Meteorologia na localidade em 2007. Grande parte do estado gaúcho teve mais de 35ºC com marcas na casa de 41ºC também em Uruguaiana e em Santa Rosa. Na Serra Gaúcha, a máxima passou dos 36ºC em Serafina Correa.

Apesar disso, o Planalto Sul Catarinense amanheceu hoje com geada em algumas baixadas e frio de inverno na madrugada em algumas cidades. As mínimas, de acordo com a Epagri-Ciram, foram de 5,3ºC em Bom Jardim da Serra, 5,8ºC em Urubici e 6,5ºC. No Rio Grande do Sul, uma estação particular apontou 7,4ºC em São José dos Ausentes?


O que explicada geada e calor de quase 42ºC em questão de horas no Sul do Brasil? Por óbvio, a massa de ar que está sobre a região não é fria ou as máximas não estariam superando 40ºC no Rio Grande do Sul.

O que determinou o resfriamento nos locais de maior altitude foi o perfil extremamente seco da atmosfera. Esfria muito na madrugada nestes pontos altos e o ar frio que é mais denso e pesado escoa para baixadas, onde ocorrem as mínimas e se forma geada.


Geada hoje cedo em São Joaquim | Mycchel Legnaghi/São Joaquim Online

Quando a atmosfera está por demais seca, aumenta demais a amplitude térmica, ou seja, a diferença da mínima para a máxima do dia. Veja o caso de uma estação da Epagri em Vacaria, nos Campos de Cima da Serra do Rio Grande do Sul. A mínima hoje foi de 9,2ºC, temperatura suficiente para um casaco. A mesma estação indicou máxima ontem à tarde de 32,0ºC, marca que permite um banho de piscina. A umidade no local era de 20%.

O ar está extremamente seco em parte do Sul do Brasil com valores em muitas cidades que são raros de ver. Ontem, conforme o Inmet, a umidade mínima foi de 7% em Santa Rosa, 10% em Frederico Westphalen, Erechim, Lagoa Vermelha, Soledade, Rio Pardo, São Luiz Gonzaga e Ibirubá, 11% em Palmeira das Missões, Passo Fundo, Vacaria, Encruzilhada do Sul, Serafina Correa e Bento Gonçalves, 12% em Cruz Alta, Tupanciretã e Uruguaiana, e 13% em Quaraí, São Vicente do Sul e Teutônia.

Para se ter ideia, a menor umidade em Brasília em 2021, conforme o Inmet, foi de 11% em 19 de setembro. Na tarde hoje, em Calama, no deserto do Atacama, a umidade relativa do ar era de 21% no menor valor da tarde no Aeroporto de El Loa, menos seco que a maior parte do Rio Grande do Sul no horário.

Mas isso não vai durar muito. A partir deste fim de semana o calor vai ficar úmido em várias regiões, o que vai determinar extremo desconforto térmico pelos muito elevados índices de calor (sensação). Não vai ter geada e sim muito abafamento com mínimas altas e madrugadas muito quentes que serão difíceis para dormir sem ar-condicionado.

Anúncios