Anúncios

O dia em que a Espanha ficou soterrada em neve. As capas dos jornais espanhóis deste domingo, 10 de janeiro de 2021, mostram a excepcionalidade do evento meteorológico que atingiu a Espanha com a maior nevasca em meio século e que afundou Madrid em neve e colapsou a capital do país. 

O jornal El País, o maior da Espanha, dedica várias páginas à nevasca histórica na sua edição deste domingo com fotos que entrarão para a história da capital espanhola. 

Ao menos quatro pessoas morreram devido à tempestade de neve que atingiu a Espanha, especialmente a capital Madrid, segundo o ministro do Interior, Fernando Grande-Marlaska.

“Apesar das condições meteorológicas extremamente difíceis, o número de incidentes é relativamente limitado. Mesmo assim, lamentamos a morte de três pessoas”, disse o ministro, em uma entrevista em que não foram fornecidos detalhes sobre os óbitos.

Maior nevasca em gerações

Desde 1971, não se registravam na Espanha tempestades de neve desta dimensão, que colocaram cinco regiões em alerta vermelho no sábado.  O presidente da Câmara de Madrid, José Luis Martínez-Almeida, já pediu ajuda ao governo central, sobretudo “recursos humanos e materiais”, para conseguir dar resposta à tempestade.

Segundo Martínez-Almeida, a cidade poderá ficar em uma situação “muito complicada” na próxima semana, com a esperada “queda drástica” das temperaturas.

 Clique aqui e leia mais sobre a Borrasca Filomena e a neve na Espanha com fotos e vídeos

A acumulação de neve em Madrid foi monumental, atingindo uma espessura entre 50 e 60 centímetros. As escolas madrilenhas ficarão fechadas na segunda e terça-feira. 

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

A tempestade de neve que atingiu a Espanha provocou muitos problemas, deixando centenas de motoristas bloqueados, o aeroporto de Madrid fechado e o país paralisado.

Anúncios