Anúncios

Uma nova onda de tornados, a terceira em dez dias, e potencialmente mais perigosa que as duas últimas, é esperada para o fim da tarde de hoje e a próxima noite nos Estados Unidos. As duas ondas de tornados anteriores, nos dias 24 e 31 de março, deixaram 58 mortos em vários estados norte-americanos.

SPC/NOAA

No final da tarde e na noite desta terça-feira, podem ocorrer tempestades severas com tornados em algumas das mesmas áreas atingidas na última sexta-feira, especialmente de Arkansas ao Missouri e entre Iowa e Illinois. A área de risco do Centro de Previsão de Tempestades (SPC) da NOAA é extraordinariamente semelhante com a emitida para a onda de tornados que deixou 32 mortos na sexta.


Área de alerta de hoje (E) e da sexta-feira (D) | SPC/NOAA

Mas há diferenças importantes entre o de hoje e o de quatro dias atrás. Uma camada de ar mais estável que suprime tempestades, cerca de um quilômetro acima do nível do solo, deve ser mais forte hoje do que na sexta-feira. Isso provavelmente evitará que as supercélulas entrem em erupção até o final da tarde ou noite.

Por outro lado, a atmosfera no setor quente da linha de tempestades terá temperatura mais alta, o que contribuirá para uma instabilidade ainda maior e que pode ajudar as tempestades e tornados a prosseguirem muito após o anoitecer. Além disso, em vez de seguir para o Leste rapidamente, como ocorreu na sexta-feira, o deslocamento da frente fria será mais lento com potencial para várias rodadas de tempestades, talvez se estendendo depois da meia-noite em algumas áreas.


O contraste de temperatura entre as duas massas de ar separadas pela frente fria será enorme. Uma massa de ar frio muito vai estar avançando a partir do Oeste norte-americano e encontrará ar por demais quente em sua dianteira sobre o Centro e o Sul dos Estados Unidos na tarde e noite de hoje.

As fortes tempestades e tornados que atingiram vários pontos dos Estados Unidos na sexta deixaram ao menos 32 mortos, de acordo com o balanço oficia. Mortes que somam às outras 26 registradas no dia 24. O estado do Tennessee foi particularmente afetado na sextz, com 15 mortes associadas às tempestades severas, informou a agência de gerenciamento de desastres do estado no domingo. Nove pessoas morreram no condado de McNairy, enquanto outras três — entre elas, duas crianças — morreram em Memphis após a queda de árvores sobre suas casas, disse a polícia local à AFP.

Um tornado atingiu na sexta o estado de Arkansas, no Sul dos Estados Unidos. A governadora Sarah Huckabee Sanders chamou de “danos significativos” na região central, em sua conta no Twitter, e declarou estado de emergência geral e mobilizou a Guarda Nacional. Sanders relatou que duas pessoas foram mortas na cidade de Wynne, no Leste do Arkansas, enquanto uma autoridade do condado de Pulaski, perto da capital Little Rock, confirmou outra morte.

BENJAMIN KRAIN/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP/METSUL METEOROLOGIA

BENJAMIN KRAIN/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP/METSUL METEOROLOGIA

BENJAMIN KRAIN/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP/METSUL METEOROLOGIA

BENJAMIN KRAIN/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP/METSUL METEOROLOGIA

BENJAMIN KRAIN/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP/METSUL METEOROLOGIA

BENJAMIN KRAIN/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP/METSUL METEOROLOGIA

BENJAMIN KRAIN/GETTY IMAGES NORTH AMERICA/AFP/METSUL METEOROLOGIA

O prefeito de Little Rock, Frank Scott Jr., disse que “cerca de 30 pessoas foram levadas para hospitais locais”. Mais de 78.000 pessoas ficaram sem energia no Arkansas, de acordo com o site Poweroutage.us.

Em todos os locais atingidos pelas tempestades e tornados desde a sexta-feira, os moradores estão lidando com danos como carros virados, árvores arrancadas, postes de telefone quebrados e casas destruídas. Essas mortes se somam às 17 nos estados de Arkansas, Mississipi e Alabama, no Sul, e outras em Indiana e illinois, no Meio-Oeste americano, além de Delaware, na costa Leste.

“Estamos trabalhando em estreita colaboração com o estado de Indiana e outros estados afetados, enquanto os danos são avaliados, e estamos preparados para responder a qualquer solicitação adicional de assistência federal”, afirmou o presidente Joe Biden após prestar seu apoio às vítimas e seus familiares.

Os tornados são comuns no país, sobretudo nas regiões Centro e Sul. Na última sexta-feira, Biden visitou o estado do Mississipi, onde no dia 24 de março um tornado causou a morte de 25 pessoas, provocando grandes danos materiais. Em dezembro de 2021, cerca de 80 pessoas perderam a vida nos tornados que atingiram o Kentucky.

Anúncios