Anderson Alves

Ar gelado ingressou hoje no Rio Grande do Sul, como previsto, e trouxe um dia com muito frio em que as máximas baixas à tarde se destacaram mais que as mínimas. 

O ar gelado em altitude combinado com a instabilidade remanescente no Sul do Brasil trouxe a primeira ocorrência de neve do ano. Nevou muito fraco em São Joaquim (SC) durante a manhã. 

O dia inteiro foi marcado pelo frio. O Rio Grande do Sul teve o 21º dia do ano com mínima negativa. Fez -0,1ºC em Bagé e Livramento com geada (foto). Foi a tarde fria, contudo, que mais chamou atenção. As máximas em muitas cidades, especialmente em áreas de maior altitude, foram de apenas um dígito, ou seja, sequer alcançaram 10ºC. 


Os termômetros não indicaram à tarde mais de 5,3ºC em Canela, 6,5ºC em Gramado, 7,2ºC em São José dos Ausentes, 7,3ºC em Bento Gonçalves e Soledade, 7,4ºC em Cambará do Sul, 9,2ºC em Caçapava do Sul, 9,3ºC em Tupanciretã e 9,4ºC em Erechim. 

Em Porto Alegre, a máxima na estação automática do Jardim Botânico foi de apenas 13,1ºC, menor do ano, e mesmo com sol na Capital. 

As madrugadas desta sexta e do  sábado no Rio Grande do Sul vão ser muito frias com mínimas menores que as de hoje e negativas ou perto de 0ºC em grande número de cidades. No domingo, por conta de nebulosidade e chuva, o frio não será intenso ao amanhecer e tampouco se espera que se dê a formação de geada. 


Uma nova massa de ar frio é esperada na segunda metade da semana que vem.