Anúncios

Duas condições se destacavam na imagem de satélite da manhã de hoje na América do Sul: ciclone e fumaça.


Um grande corredor de fumaça podia ser visto no interior do continente em razão do grande número de queimadas. Grande parte da região amazônica e extensas áreas da Bolívia e do Centro-Oeste do Brasil estavam cobertos de fumaça. No aeroporto de Cuiabá, a visibilidade chegou a apenas 1.500 metros no começo da manhã em razão de fumaça.

Mais ao Sul, o que chamava a atenção era um ciclone extratropical a Leste do Uruguai. A frente fria associada ao ciclone estava sobre o Rio Grande do Sul, onde trazia chuva em algumas regiões. 


Anúncios