Anúncios

O Rio Grande do Sul teve ontem o terceiro dia seguido e o 26º neste ano com registro de temperatura negativa. Os termômetros indicaram -1,1ºC em Livramento e -0,4ºC em São José dos Ausentes. Na Grande Porto Alegre fez apenas 3,4ºC em Novo Hamburgo. Grande parte do Estado amanheceu com frio intenso, destacando-se as marcas de 0,4ºC em Quaraí, 1,3ºC em Pinheiro Machado e em São Francisco de Paula, 1,4ºC em Bagé, e 1,8ºC em Santa Rosa e 1,9ºC em Canela.

O tempo muito frio decorreu da influência de um centro de alta pressão que garantiu também o quinto dia seguido no Rio Grande do Sul de tempo firme depois de muitas jornadas de instabilidade em julho.


Enquanto aqui tínhamos tempo seco, mais uma vez pontos do Sudeste do Brasil registravam chuva em pleno auge da estação seca. Hoje, com o enfraquecimento da influência da alta pressão e a presença de ar mais quente, a nebulosidade aumenta no território gaúcho e espera-se chuva em pontos da Metade Norte, mas com volumes em regra baixos. Onde vai chover e muito entre hoje e amanhã será no Norte do Paraná, Sul do Mato Grosso do Sul, São Paulo, Sul de Minas e Rio de Janeiro.


A imagem de satélite da manhã de hoje mostra forte instabilidade no Norte do Paraná e no Centro-Sul de São Paulo. Justamente o fato de a instabilidade ser mais forte no Sudeste acaba  por drenar umidade mais ao Sul com pouca ou nenhuma chuva.

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios