Anúncios

Uma área de menor pressão atmosférica provocou muita chuva hoje (7) em pontos do Sul do Rio Grande do Sul. A área em que mais choveu foi a de Pelotas. Os acumulados na cidade do Sul gaúcho até o fim da tarde de hoje chegavam a 133 mm em alguns locais de medição. A chuva de mais de um mês em único dia trouxe alagamentos nas ruas de Pelotas. 

A chuva foi volumosa também em cidades vizinhas ou perto de Pelotas. Em Capão do Leão, na estação do Instituto Nacional de Meteorologia na localidade tinha registrado até o fim da tarde desta segunda 89 mm em 24h. Em Rio Grande, 70 mm. Produtores rurais da região em suas medições chegaram a informar marcas de até 150 mm. 


Em Camaquã, a chuva forte com vento trouxe transtornos também. O acumulado na estação do Inmet foi de 36 mm, mas em outros pontos do município choveu mais e houve alagamentos. A localidade ainda teve queda de árvores. 


Valério Weege/Acústica FM

Valério Weege/Acústica FM

Choveu forte também em municípios do Litoral Norte junto à Serra como Maquiné e Morrinhos do Sul. O vento chegou a 61,5 km/h em Capão do Leão e 75,9 km/h na barra do Porto de Rio Grande.

O tempo não firma nesta terça  no Leste do Rio Grande do Sul e áreas do Litoral Norte e da área de entorno da Lagoa dos Patos ainda devem ter chuva, porém mais localizada e menos volumosa, mas o sol aparece. Na região de encosta da Serra do Litoral Norte é que ainda pode chover forte.

Anúncios