Anúncios

Erupção do vulcão trouxe forte terremoto hoje cedo em La Palma | Involcan/Divulgação

A ilha de La Palma foi sacudida nesta sexta-feira pelo maior terremoto desde o começo da crise da erupção do vulcão Cumbre Vieja em 19 de setembro. Geólogos descreveram o abalo como de longa duração e que chegou a ser sentido em Tenerife. O Instituto Geográfico Nacional (IGN) a intensidade do o terremoto registrado à 01h08 desta sexta-feira (hora local) de 5 para 5,1.

O movimento sísmico ocorreu a uma profundidade de 37 quilômetros a Sudoeste de Mazo. Foi mais um numa sequência de tremores de magnitude igual ou superior desde o começo da crise sísmico-vulcânica.


O primeiro de magnitude 5 foi observado às 7h24 do dia 30 de outubro, a 35 quilômetros de profundidade. O segundo foi às 15h52 do dia 31 de outubro, a 45 quilômetros de profundidade. Às 3h37 do dia 11 de novembro, houve abalo a 37 quilômetros de profundidade. E, finalmente, às 6h56 do dia 13 de novembro produziu-se um terremoto a 38 quilômetros de profundidade.

Danos e prejuízos pelo vulcão

Os danos causados ​​pelo vulcão em La Palma já chegam a 906 milhões de euros. É o último cálculo feito pelo Governo das Ilhas Canárias sobre danos públicos e privados nos dois meses da erupção. Mais de 1.600 casas e prédios já foram destruídos pela lava, conforme o Sistema Copernicus.

Não integram o balanço os danos às infraestruturas elétricas. Estão também excluídos os efeitos nos bens e infraestruturas do Estado e o custo da intervenção da administração central, o que pode levar o prejuízo a mais de um bilhão de euros.

A erupção do Cumbre Vieja

A erupção é a primeira em La Palma desde outubro de 1971, quando o vulcão Teneguia expeliu lava durante três semanas. La Palma, com 85 mil habitantes, é uma das oito ilhas do Arquipélago das Canárias. No seu ponto mais próximo com a África, dista 100 quilômetros do Marrocos. As Canárias estão a 460 quilômetros da ilha da Madeira, em Portugal, e a 1.428 quilômetros da Ilha do Sal, em Cabo Verde.


A atividade vulcânica na parte Sul da ilha de La Palma já dura pelo menos 125.000 anos e formou o vulcão conhecido como Cumbre Vieja, ou também simplesmente como Dorsal Sur. Apesar de serem estruturas diferentes, o Cumbre Vieja pode fazer parte do vulcão Taburiente. O Cumbre Vieja entrou em erupção em 1971, 1949, 1712, 1677, 1646 e 1585.

É o vulcão mais ativo das Ilhas Canárias. As erupções ocorreram em intervalos de 20-60 anos. Exceção foi a notável dormência de 237 anos entre 1712 e 1949. Cientistas especulam que a enorme erupção de seis anos na vizinha Ilha de Lanzarote, em 1730, induziu a longa dormência em Cumbre Vieja de mais de dois séculos até 1949.

Anúncios