Anúncios

Ar polar que ingressou no Rio Grande do Sul cobriu de neve o Oeste da província argentina de La Pampa (Noticlick)

Com correntes de vento de Oeste e Norte que trouxeram fumaça para o Rio Grande do Sul, a temperatura disparou no sábado no Estado com máxima de 33,1ºC na região do Vale do Sinos. Porto Alegre chegou aos 30ºC. Só que ainda no começo da madrugada do domingo rajadas de vento de Sul já traziam mudança de temperatura com uma troca nas massas de ar. Saiu a quente, entrou uma fria. E encerrava-se a curta trégua do frio.

A massa de ar frio de origem polar que durante o domingo ingressou no Rio Grande do Sul trouxe marcas à tarde até 15ºC inferiores às registradas no mesmo horário somente 24h antes. Não é uma incursão polar tão forte como a do começo do julho, do início do mês ou da semana passada, mas influenciará o tempo durante grande parte da semana.


A grande maioria das madrugadas desta semana será de temperatura baixa no Rio Grande do Sul. Essa incursão fria não afetará todo o Estado com a mesma intensidade. A sua influência será maior no Sul e no Leste gaúcho enquanto mais ao Noroeste seu impacto será menor. Por isso, a Campanha, o Sul e a Serra do Sudeste, a despeito de altitudes menores que os Aparados, terão as madrugadas mais frias na semana.


Esse pulso de ar polar que chegou ontem trouxe neve (foto) no domingo pro Oeste da província argentina de La Pampa, região menos acostumada à neve e que chegou a acumular.  

Assine gratuitamente nossa newsletter para notícias e alertas

 

Anúncios