Anúncios

Chuva provocada por dois poderosos ciclones em sequência na costa e um intenso rio atmosférico veio com volumes extremos e inundações no estado norte-americano da Califórnia | DAVID SWANSON/AFP/METSUL METEOROLOGIA

A chuva registrada no domingo e ontem no Sul da Califórnia atingiu marcas históricas. Dados de estações de Serviço Nacional de Meteorologia dos Estados Unidos (NWS) e da Universidade da Califórnia em Los Angeles (UCLA) mostram que os acumulados foram extremos e muito raros de se observar.

De acordo com o NWS, a estação do centro de Los Angeles (Downtown Los Angeles) registrou 74,42 milímetros de chuva ontem, 5 de fevereiro de 2024. O valor estabeleceu um recorde diário para a data, superando o recorde anterior de 58,42 milímetros, estabelecido há 123 anos, em 5 de fevereiro de 1901.


A precipitação no Centro de Los Angeles nos dias 4 e 5 totalizou 178,6 milímetros. Esse é o terceiro maior volume já observado na soma de dois dias consecutivos desde o início dos registros meteorológicos oficiais em 1877.

O recorde para a maior precipitação em dois dias consecutivos é de 202,7 mm, em 31 de dezembro de 1933 e 1 de janeiro de 1934. O segundo maior total em dois dias seguidos é de 188,9 mm e seu deu em 25 e 26 de janeiro de 1956. Foi o maior total de chuva em dois dias para o mês de fevereiro, superando o recorde anterior de 152,9 mm de 24 e 25 de fevereiro de 1913.


A precipitação de 178,6 milímetros em 48 horas agora nos dias 4 e 5 corresponde a 49% de toda a média sazonal de chuva de 30 anos no Centro de Los Angeles, usando dados de 1991-2020), que é de 361,9 mm.

A precipitação no mês de fevereiro até agora totaliza 221,5 mm. Só com dados até o dia 5, fevereiro de 2024 já é o 13º fevereiro mais chuvoso já observado. O fevereiro mais chuvoso no Centro de Los Angeles foi em 1998, quando choveu 347,5 mm.

O total de chuva acumulada na temporada hidrológica local de 2023-2024 no Centro de Los Angeles (que vai oficialmente de 1 de outubro a 30 de setembro) está em 354 mm, o que é 159,0 mm acima da média normal de 195,0 milímetros até 5 de fevereiro. Já é também 98% da média sazonal normal de chuvas de 361,9 milímetros.

A precipitação no Centro de Los Angeles em 4 de fevereiro de 2024 totalizou 104,1 mm e quebrou o recorde diário de 64,8 mm estabelecido em 4 de fevereiro de 1927. Além disso, esse total diário de chuva o colocou empatado com 15 de março de 2003 como o 10º dia mais chuvoso (da meia-noite à meia-noite no horário local) da série histórica, em um total de 53.544 dias de observações.

O dia mais chuvoso desde o início dos registros meteorológicos oficiais no Centro de Los Angeles foi 2 de março de 1938, quando choveu 149,4 mm. Os registros meteorológicos na estação de Downtown Los Angeles começaram em 1º de julho de 1877.

Além disso, 4 de fevereiro de 2024 foi o terceiro dia mais chuvoso em qualquer mês de fevereiro desde 1878, e o dia mais chuvoso em fevereiro em quase 110 anos. O dia mais chuvoso em qualquer fevereiro no Centro de Los Angeles foi em 24 de fevereiro de 1913, quando foram registradas 121,9 mm. O segundo dia mais chuvoso ocorreu cerca de um ano depois, em 18 de fevereiro de 1914, quando choveu 108,5 mm.

Um pluviômetro na Universidade da Califórnia de Los Angeles (UCLA) registrou 316,2 mm de chuva em 24 horas. De acordo com as estatísticas da NOAA, isso é 28,1 milímetros a mais do que um evento de chuva com recorrência estimada de mil anos. As probabilidades de um local na área de Los Angeles presenciar um evento de chuva de 292,1 milímetros em apenas 24 horas a cada ano são de 0,1%.

A MetSul Meteorologia está nos canais do WhatsApp. Inscreva-se aqui para ter acesso ao canal no aplicativo de mensagens e receber as previsões, alertas e informações sobre o que de mais importante ocorre no tempo e clima do Brasil e no mundo, com dados e informações exclusivos do nosso time de meteorologistas.

Anúncios